O novo curso Windows 10: da formatação à produtividade está à venda! Confira!


Programas recomendados pelo Baboo para o dia-a-dia

Existem milhares de programas disponíveis para download, mas muitos deles são ruins ou simplesmente desnecessários. Infelizmente os sites de download incentivam o internauta a baixar e utilizar todo tipo de programa, independentemente se esse programa é útil ou seguro – afinal o foco desses sites é a quantidade de programas baixados (pois é assim que esses sites lucram) e jamais a qualidade deles.

Este artigo aborda os programas que eu RECOMENDO para uso no dia-a-dia.
Se você quer a lista de programas que eu NÃO RECOMENDO, leia aqui.

E o resultado disso não poderia ser pior: computadores infestados de programas ruins que tornam o Windows lento e instável, aonde os internautas culpam o sistema operacional pelos problema que ocorrem, sem saber que na maioria das vezes esses problemas são gerados pelos programas que eles instalam.

Programas ruins ou dispensáveis

O melhor exemplo disso são os otimizadores de PC que eu detalho no artigo “A praga dos otimizadores de PC” aonde eu mostro que esses programas são totalmente dispensáveis, com o agravante deles enganarem os internautas com resultados e estatísticas fictícias.

Programas RECOMENDADOS pelo Baboo

Além disso também existem os “atualizadores de drivers” que eu abordo no artigo “Drivers do Windows A FUNDO” aonde eu mostro que eles são desnecessários para o usuário comum, pois a utilidade deles está restrita apenas a dois cenários específicos.

Existem também os programas que desfragmentam ou otimizam a memória RAM, algo que eu abordo no item “três argumentos fantasiosos dos otimizadores de PC” no artigo “Consumo de Memória RAM A FUNDO”, aonde eu mostro que além de ser inútil, isso deixa o Windows mais lento.

Some-se a isso os antivírus chineses (outra praga que eu detalho nesse artigo), antivírus gratuitos ruins, programas perigosos como os que fazem download de vídeos, produtos da Comodo, entre muitos outros.

Durante as minhas milhares de horas de consultoria em todos tipos de cenários, eu cansei de ver usuários utilizando computadores que estavam inexplicavelmente lentos e abarrotados de programas inúteis. A simples realização de uma “limpeza geral” com a remoção deles e eventual substituição por outros melhores fez com que esses mesmos computadores voltassem a ter o mesmo desempenho que tinham quando novos, ficando muito mais rápidos e estáveis.

O segredo disso é utilizar apenas programas confiáveis que eu detalho nas próximas páginas.

Programas excelentes

Existem muitos programas excelentes que complementam ou melhoram funcionalidades do Windows, mas que infelizmente são pouco utilizados por causa de programas similares (e muitas vezes piores) que são mais populares.

Por causa disso eu criei uma lista com programas que eu utilizo e indico para meus clientes. Eles são gratuitos, muito eficientes e, sabendo usá-los da maneira correta, eles contribuem para manter o Windows eficiente e rápido.

Eles estão litados nas próximas páginas.

Programas para manter o Windows OTIMIZADO

Não existe nenhum programa que deixe o Windows mais rápido ou otimizado. Se houvesse alguma “solução mágica” de deixar o Windows mais rápido, a Microsoft (empresa que CRIOU o Windows)  já teria implementado essa solução nele, né? 😉

Se você quer um Windows rápido, basta seguir essas regras simples:

1. Jamais utilize crack, ativador ou qualquer “otimizador de PC” – incluindo programas que atualizam drivers e os que desfragmentam/otimizam a memória RAM.

Além desses programas mentirem para o internauta (conforme eu detalho no artigo As Pragas dos Otimizadores de PC), eles instalam drivers de kernel (abordado no meu artigo sobre Drivers do Windows A FUNDO) que causam instabilidade, problemas e tela azul no Windows!

Esses programas danificam arquivos do sistema operacional ou alteram o funcionamento correto do Windows, atrapalhando o bom funcionamento dele – e é justamente por isso que usuários que utilizam esses programas reclamam que o computador deles sempre parece lento e aleatoriamente têm problema de tela azul. Desinstale-os e você terá um Windows muito mais rápido, estável e seguro.

Além disso, muitos cracks e ativadores incluem novos malwares que infectam o computador.

Pense de maneira racional: se o sistema de ativação do Windows, Office e outros programas permanece o mesmo e nunca mudou desde 2015, porquê pessoas desconhecidas criam “novos ativadores e cracks”?? Simples: como ativadores e cracks são muito procurados na internet, eles são IDEAIS para distribuir novos malwares e ransomware que ainda não são detectados pelos antivírus.
Baboo comentaHá alguns anos eu analisei uma versão pirata do antivírus da Symantec e descobri que o “ativador” dele executava silenciosamente um script que abria uma porta no firewall para posterior acesso remoto. Nada mais inteligente do que usar um antivírus pirata que FACILITA a invasão do seu computador, né? 😉

2. Execute estes quatro passos fundamentais listados no início do meu artigo sobre as 27 soluções para o problema do disco a 100%.

Esses passos garantem que tanto o disco rígido quanto o Windows estão funcionando corretamente – afinal você JAMAIS terá um Windows otimizado e rápido se o disco rígido estiver com algum problema ou se o próprio Windows tiver arquivos corrompidos!

3. A cada 15 dias execute o CCleaner para apagar arquivos temporários, e depois disso execute o Defraggler para desfragmentar o disco. Só isso.

Fuja de “otimizadores” e programas chineses

Conforme eu detalho no artigo sobre a praga dos otimizadores de PC, não instale NENHUM software que prometa melhorar o desempenho do Windows, sendo que abaixo estão os mais conhecidos. FUJA DELES!

Qualquer programa da IOBitAdvanced System Care, Malware Fighter, Uninstaller, Driver Booster, etc.
Qualquer programa da WiseWise Care 365, Registry Cleaner, Game Booster, Memory Optimizer, System Monitor, etc.
Qualquer programa da GlaryGlary Utilities, Malware Hunter, Disk SpeedUp, etc.
Qualquer programa da Clean Master: Clean Master for PC
Qualquer programa da AshampooWinOptimizer, Driver Updater, Uninstaller, Internet Accelerator, etc

Outros: AVG PC TuneUp, Baidu PC Faster, CacheBooster, CleanMem, DeviceDoctor, DriverEasy, DriverMax, EasyCleaner, Free RAM Optimizer, FreeRAM, MemoryCleaner,  Memory Manager, Memory Washer, MV RegClean, Process Lasso, RAMBooster, RAM Idle, RegClean, Slim Drivers, SpeedUpMyPC, Total PC Cleaner, WinBoost, etc etc etc.

Os programas acima são totalmente dispensáveis, além de serem um motivo a mais para você jamais acessar sites de download, pois esses programas e muitos outros de qualidade duvidosa estão disponíveis ali há anos para destruir a estabilidade e desempenho do seu Windows.

E como algo ruim sempre pode piorar, muitos desses programas são chineses.

A China é conhecida pelo monitoramento contínuo da internet e sua censura. O governo chinês emprega 2 milhões de pessoas para controlar a internet e recentemente tentou forçar que empresas de tecnologia estrangeira implementasse backdoors em seus produtos, permitindo a espionagem e monitoramento de informações que trafegam ou são armazenadas ali.

Além disso, o governo chinês obrigou-as a fornecer a chave de criptografia utilizada em seus produtos, ou seja, a transmissão de informações criptografadas pode ser interceptada e lida como se fosse uma conexão comum insegura. Isso tudo é necessário pois o governo chinês não se preocupa com a privacidade de seus cidadãos e, ao que tudo indica, isso também se aplica a pessoas de qualquer nacionalidade.

Aí vão alguns exemplos recentes da obtenção de dados por produtos chineses conectados à internet para você compreender a extensão desse problema:

– smartphones chineses vendidos no mundo todo (inclusive no Brasil) enviam informações para a China
– carros elétricos da China são obrigados e enviar dados de telemetria e GPS para o governo chinês,
– drones chineses da DJI (maior fabricante de drones do planeta) enviam dados para servidores da nuvem da Alibaba na China
– robôs aspiradores de pó chineses (que também são vendidos no Brasil) enviam diariamente para a China vários megabytes de informações – incluindo login e senha do WiFi e mapa detalhado dos aposentos limpos.
– todas informações armazenadas no iCloud de usuários de produtos da Apple na China podem ser acessadas pelo governo chinês
– notebooks da Lenovo vendidos na China têm backdoor por exigência do governo chinês
– a fabricante de produtos de telecomunicação chinesa Huawei está sendo acusada de espionagem e ter ligações com o governo chinês, aumentando o risco de segurança e privacidade dos usuários da futura tecnologia 5G, fazendo com que seus produtos tenham sido banidos dos EUA, Austrália e Taiwan. Além disso, o Reino Unido, Canadá, República Tcheca, Noruega e Japão estão reconsiderando suas relações com essa empresa chinesa – principalmente depois de um funcionário da Huawei na Polônia ter sido preso por espionagem.

Embora os exemplos acima envolvam hardware, o envio de dados é feito pelo software sendo executado ali – e é claro que utilizar software chinês mostra ser um risco total à segurança e privacidade dos seus dados.

No artigo sobre antivírus chineses eu detalho isso mostrando como eles precisam obter informações e hábitos dos usuários para gerarem receita, e no artigo sobre como funcionam os antivírus eu mostro porquê você jamais deve utilizar antivírus que não foram criados por empresas de segurança.

Exemplo de empresas, software e apps chinesesExemplo de empresas, software e apps chineses

Além disso, a imensa maioria das empresas de software chinesas escondem o fato delas serem chinesas justamente para evitar que o usuário desconfie delas.

Além das conhecida IObit, Wise, Baidu (DU Apps), Qihoo (renomeada para 360 Mobile Security Limited) e Cheetah Mobile (CM), também são chinesas a Wondershare, Maxthon, Opera (foi vendida para um grupo de empresas chinesas incluindo a Qihoo), EaseUS, AOMEI, UC (UC Browser), entre muitas outras.

No mundo mobile isso é ainda mais grave, pois muitos aplicativos utilizados diariamente pr milhões de usuários fora da China foram criados nesse país sem que os usuários deles saibam disso.

 

A conclusão é evidente: evite AO MÁXIMO o uso de qualquer software desenvolvido na China – principalmente antivírus e produtos que prometem segurança!

Felizmente vivemos em um país democrático aonde o internauta pode instalar e utilizar o antivírus que ele quiser, e não custa nada alertar o internauta brasileiro para ele escolher programas que não sejam chineses para evitar problemas de segurança e privacidade 🙂 Aliás eu também sugiro que internautas não utilizem nenhum produto da Comodo.

Programas importantes para o dia-a-dia

Entre os programas que eu considero úteis para internautas, estão:

7-Zip
7-Zip é um programa gratuito para compressão de arquivos que substitui com vantagens essa funcionalidade que vem originalmente no Windows.

Além dele ser muito eficiente nessa tarefa, ele permite visualizar o CRC e SHA do arquivo (ideal para verificar se o arquivo recebido é o mesmo arquivo que foi baixado no site, sendo que eu abordo isso no meu curso O que fazer APÓS instalar o Windows).

A grande vantagem dele em relação ao WinRAR é que o 7-Zip não incomoda o usuário informando sobre a versão de testes de 30 dias, pois ele jamais expira.

VLC
VLC é um media player gratuito que reproduz praticamente todos os formados de vídeo, evitando que você precise instalar qualquer codec para assistir um vídeo baixado da internet. Além disso, o VLC é completo: ele foi criado pela VideoLAN, uma organização sem fins lucrativos baseada na França, que é um país que não reconhece patentes de software.

Com isso, ele tem funcionalidades que são proibidas em outros países, como conversão de vídeos de DVD e player de Blu-ray, além de converter áudio e vídeo, assistir vídeos do YouTube e até mesmo fazer transmissão de streaming direto para o YouTube através dele.
 

CCleaner
O CCleaner é um programa gratuito que apaga arquivos temporários, sendo o complemento ideal para a Limpeza de Disco do Windows. Eu abordo o CCleaner em detalhes neste vídeo.
 

Defraggler
O Defraggler é um programa gratuito que desfragmenta o disco rígido ou SSD, sendo mais eficiente e prático do que o desfragmentador original do Windows. Eu abordo o Defraggler em detalhes neste vídeo.
 

PerfectDisk
O PerfectDisk é um programa pago que desfragmenta o disco rígido ou SSD. Ele é muito mais poderoso e completo do que o Defraggler, sendo que eu indico seu uso principalmente em servidores. Assista meu vídeo sobre o PerfectDisk Server para você compreender melhor.
 

Recuva
Recuva é um programa gratuito que recupera arquivos apagados de qualquer dispositivo de armazenamento. Ele foi desenvolvido pela Piriform, a mesma empresa que desenvolveu o CCleaner e o Defraggler e que foi adquirida pela Avast em 2017.

A instalação do Recuva é indicada pois ele será extremamente útil quando você precisar recuperar um arquivo apagado sem que você precise instala-lo somente quando isso for necessário – algo que pode sobrescrever o arquivo que você quer recuperar.

Você pode baixá-lo aqui, sendo que você também deve baixar os plugins dele para torná-lo mais completo.
 

IrfanView
O IrfanView é um “canivete suíço” gratuito que permite visualizar, converter e redimensionar imagens, seja manualmente ou em volume (todas as imagens dentro de uma pasta, por exemplo).

Ele também permite renomear arquivos, aplicar marca d’água, diminuir o tamanho das imagens sem perda de qualidade, rotacionar, recortar imagens, mudar a resolução, entre muitas outras funcionalidades. Inclusive ele poder fazer isso tudo via linha de comando ou através de um batch. Você pode baixá-lo aqui., dando preferência aos links dos servidores do próprio desenvolvedor (no final da página).
 

Notepad++
O Notepad++ é um excelente editor de textos gratuito, sendo ideal para quem trabalha com vários arquivos simultaneamente. Ele suporta diversos tipos de codificação, permite a criação de macros e tem dezenas de plugins, tornando-o um editor muito poderoso.

Uma das funcionalidades mais simples dele é  comparar dois arquivos e mostrar a diferença deles. Baixe-o aqui.
 

TreeSize Free
O TreeSize Fee é um programa gratuito que mostra quais pastas e arquivos ocupam mais espaço no seu disco rígido ou SSD.

VirusTotal Uploader
VirusTotal Uploader é um programinha muito prático: ele adiciona no menu do Windows Explorer a opção “Enviar para o VirusTotal”, permitindo o envio imediato do arquivo para o site VirusTotal analisá-lo utilizando dezenas de antivírus, informando no final se o arquivo é malicioso ou não.

Isso é muito importante quando você está desconfiado que um arquivo é malicioso mais seu antivírus não detectou nada nele. O VirusTotal foi adquirido pelo Google em 2012 e é referência na internet para análise de arquivos maliciosos.

Gostou? Compartilhe!

[]s


Aurélio "Baboo"
www.baboo.com.br
youtube.com.br/baboo
MVP Windows 2003-2019