O usuário do GitHub Zeffy criou um patch para burlar o bloqueio de atualizações no Windows 7 e Windows 8.1 em PCs com processadores mais recentes.

Sobre o bloqueio de atualizações

No início de março a Microsoft confirmou em um novo artigo publicado em seu site de suporte que PCs com Windows 7 e Windows 8.1 equipados com processadores recentes iriam deixar de receber atualizações via Windows Update.

Se o usuário tiver um PC com Windows 7 ou com Windows 8.1 equipado com processador Intel Core de sétima geração (Kaby Lake), AMD “Bristol Ridge” (Ryzen) ou Qualcomm “8996”, o erro abaixo será exibido ao procurar por atualizações no Windows Update:

Hardware sem suporte
Seu PC usa um processador sem suporte nesta versão do Windows, e você não receberá atualizações.”

Além disso, você poderá ver na janela do Windows Update uma mensagem de erro que se assemelha à seguinte:

O Windows não pôde procurar novas atualizações
Ocorreu um erro durante a procura por novas atualizações para o seu computador.
Erro(s) encontrado(s):
Código 80240037 O Windows Update encontrou um erro desconhecido.”

De acordo com o artigo, este erro ocorre porque as novas gerações de processadores exigem a versão mais recente do Windows para suporte. Por exemplo, o Windows 10 é a única versão do Windows com suporte oficial para as gerações de processadores mencionadas acima.

O bloqueio entrou em vigor logo depois do lançamento das atualizações de março de 2017, mas pode ser burlado graças ao novo patch.

Patch de terceiros permite burlar o bloqueio de atualizações no Windows 7 e Windows 8.1

Como burlar o bloqueio de atualizações no Windows 7 e Windows 8.1

De acordo com o site BleepingComputer, Zeffy criou e testou quatro scripts para burlar o bloqueio de atualizações no Windows 7 e Windows 8.1.

Todos possuem código aberto e estão disponíveis para download no GitHub.

Os scripts foram criados depois que Zeffy usou engenharia reversa na atualização KB4012218, que foi a responsável por introduzir o bloqueio.

Com isso ele foi capaz de descobrir duas novas funções, “IsCPUSupported(void)” e “IsDeviceServiceable(void)“, dentro do arquivo wuaueng.dll instalado pela atualização KB4012218.

Os scripts criados por ele alteram este arquivo DLL e o valor das duas funções acima para que os usuários com Windows 7 utilizando os processadores mencionados no início do post possam instalar as atualizações via Windows Update.

O ponto negativo do patch criado por Zeffy é que ele precisará ser aplicado novamente sempre que o arquivo wuaueng.dll for atualizado pela Microsoft.

  • Cortana

    Tão de brincadeira.

  • Luiz Murasawa

    Eu só não entendo porque o povo quer hardware de ultima geração para rodar sistema morto. Direito de escolha? Fica com um Haswell ou SkyLake que não muda nada em performance/funções em relação ao KabyLake em Windows antigos e fique contente com seu old Windows. Se alguém me provar com dados concretos que Windows 7 ou 8.1 é 30% mais rápido com KabyLake do que com Haswell eu peço minhas desculpas aqui mesmo Obs: Propaganda da Intel não vale que eles sempre dizem que a geração nova é melhor e blábláblá, mas na pratica não muda nada. Eu mesmo nem noto diferença entre sistemas que usam DDR2, DDR3 e DDR4 para uso diário. O upgrade mas significativo para uso diário é de HD para SSD.

    • herbert misson

      realmente a maior diferença é no ssd, mas o ssd senao desfragmentar fica sobrecarregado de fragmentos congestionando o controladora do ssd e o desempenho vai caindo com o tempo senao fizer um defrag tradicional (cmd) de tempos em tempos.

      • Luiz Murasawa

        Olá Herbert, eu uso SSD da Samsung da serie EVO 8X0 em varias maquinas faz mais de 2 anos e nunca tive problema de lentidão por fragmentação, o programa que acompanha os SSD da Samsung previne esse problema. e a maioria já passou dos 20TB de escrita sem problema nenhum até agora. Não sei os de outros fabricantes se o efeito é o mesmo. https://uploads.disquscdn.com/images/d01aa0df024bb69d50de52fb72b7bc8cc779c2f3eb96ea2498bbdac0b38f56a8.png

      • Carlos Pacheco

        Não precisa desfragmentar um SSD. E se você tem o costume de fazer isto, saiba que você pode estar adiantando a morte do seu SSD. Saiba que ele faz a leitura direta, pois não há a necessidade de deslocamento da cabeça de leitura sob os discos. Então, não há lógica em desfragmentar um SSD. Marque isto, SSD tem um limite de leitura e escrita.

        • Isso é relativo, pois o limite de leitura e escrita é altíssimo. Eu tenho 3 SSD Crucial MX100 que foram comprados em 2009 e que continuam funcionando perfeitamente mesmo sendo utilizados diariamente.

          O site Techreport publicou em 2015 um interessante teste destrutivo de SSD para saber quando eles pifariam após excesso de uso – e o resultado é que alguns deles começaram a ter problemas somente depois de terem escrito 2PB (2000 TB) de dados!

          Sobre desfragmentação de SSD, leia este caso no uso de servidores.

          • Carlos Pacheco

            Baboo, você poderia me mandar o link novamente? Aqui diz que é uma URL inválida (sobre a desfragmentação de SSD) :(

          • Link corrigido!

          • Carlos Pacheco

            Baboo, me desculpe a demora em te responder… Eu fiquei um pouco confuso, então vamos acertar as coisas para me ajudar aí :D

            Com relação ao defrag 1 (SSD’s de alto desempenho em um ambiente de alto estresse):

            1º, não é errado desfragmentar o SSD, pois isto não vai afetar de maneira grave a sua vida útil (considerando SSD’s “high-end”, certo? Pois eu já vi cada SSD tão simples e que nem software de gestão tinha… Por estas eu não boto a mão no fogo, espero que concordemos com isto :P).

            2º, esta é uma tarefa recomendada aos servidores.

            Com relação ao defrag 2 (SSD’s de alto desempenho/standard (low e mid-end) em um ambiente doméstico com estresse baixo/moderado):

            1º, desfragmentar é uma opção, pois a controladora não vai ter de lidar com uma carga alta de transferência de arquivos. Por esta gestão “baixa”, o acesso aos arquivos se mantêm de maneira equivalente ao SSD desfragmentado quanto ao fragmentado (ficou um pouco estranho mas acho que da pra entender).

            2º, é uma tarefa recomendada em caso “extremo” de perda de desempenho e em SSD’s (esta que é o X da questão, um SSD pode aumentar o “countdown” por sua unidade estar fragmentada?).

            Eu to levantando isso Baboo, pois achei ser uma coisa sem um ponto final, ainda. Eu tenho aqui um OCZ-Vector com aquela controladora famigerada… No software mostra o tempo de uso, dias úteis e etc. Mesmo usando pouco o PC (pois estou trabalhando e estudando), esse tempo meio que contabiliza da mesma maneira como se eu estivesse usando meu PC como antigamente, todo dia.

            Agora fico meio sem saber, eu pensava que fosse uma regra e não tão relativo…

    • Lucas Silva

      Depende. Nem todos tem grana $$ o suficiente para ficar comprando uma licença nova.
      Windows 7 e o Windows 8.1 não são sistemas mortos…Uso o Windows 8.1 e estou muito satisfeito, sistema rápido, seguro e estável.

      O que a Microsoft quer é enfiar o Windows 10 na goela de todo mundo, rsrs.

      • Luiz Murasawa

        Simples meu amigo, faça o upgrade gratuito pelo serial do seu Windows ainda é perfeitamente possível. Atualizou e não gostou? Volte para o 8.1 que continua funcionando normalmente. Confesso que o update de aniversário não gostei, mas esse Creators update até agora parece muito bom. Sistema (OS) morto eu defino como: Fabricante dá assistência para o uso do OS? Não? Então tecnicamente esta morto, quanto ao Windows 8.1 ele esta para acabar o período de atualização base em jan/2018 se não me engano. Depois disso é só patch de segurança. Agora não sou eu, nem ninguém que deve ficar dizendo o que usar, se para você esta bom assim, sussa.

        • Claudio Santiago Scherrer

          Windows 7 receberá atualizações de segurança até 2020 e Windows 8.1 até 2023.

          • Luiz Murasawa

            Olá Claudio, respondi a seu comentário, mas o BABOO censurou ele. Gostaria de saber o porque pelo que me lembro não há nada ofensivo nele, nem link para lugar nenhum.

          • Claudio Santiago Scherrer

            Eu recebi a sua resposta no meu email, vc foi muito educado, também não entendi porque a mensagem não foi publicada.

          • Seu comentário foi automaticamente considerado spam pelo sistema da Disqus e por isso não apareceu. Eu precisei liberá-lo manualmente..

    • Zamtonsky Mun

      O windows 7 ainda é o melhor para jogos. O windows 10 está demorando para chegar la….

      • Luiz Murasawa

        Olá Zamtonsky, tem algum jogo que roda em Windows 7 que não roda em Windows 10? Desculpe perguntar, mas é que estou meio por fora do cenário de jogos nos últimos tempos… Ou a diferença de performance é grande? Tipo em Windows 7 a configuração da uns 60 fps e no Windows 10 na mesma configuração dá uns 40 fps? Travamentos, lags? Ou tem alguma coisa que não dá para fazer com o Windows 10 dentro do jogo? Eu preciso de dados mais concretos. Tipo, propaganda da Intel não serve.

        • Zamtonsky Mun

          Windows 7 ja está amadurecido pelo que andei lendo. O windows 10 ainda falta atualizações para chegar ao patamar de amadurecimento. Não sou eu quem digo e sim videos no youtube demonstrando isso.

          • Luiz Murasawa

            Olá Zamtonsky, segui sua recomendação e fui assistir os vídeos no youtube, realmente “muito técnico” o material que consegui acompanhar, teve um vídeo, que o youtuber no final do vídeo depois de toda yadayadayada que ele passou disse: E se você que está assistindo não se convenceu você é um… (aquilo lá que você pensou mesmo), realmente “material muito convincente”. Deixe eu colocar o meu ponto de vista, não estou dizendo que seja a verdade, simplesmente estou expondo meu ponto de vista pela experiência que já tive. Talvez muitos venham me odiar por isso, mas tudo bem: Windows 7 é um sistema maduro, tão maduro que agora só recebe patch de segurança até fim do suporte definitivo em 2020, como não vai existir nenhuma função nova nativamente no OS, a chance de um Sistema em Windows 7 que está rodando maravilhosamente um game, dar algum tipo de bug por causa de um patch de segurança é mínimo (isso quando o/e se Gamer aplicar o patch). Por experiência, a maioria esmagadora dos Gamers, entendem pouco ou quase nada da parte técnica do PC, eles usam o PC para jogo e só, formatar o PC então é uma experiência que poucos gostam de passar ou fazer. Procurar o melhor driver para sua máquina então, nem se fala, eu disse MELHOR, não o mais novo. (Nvidia está aí para provar que não estou errado.) Por favor não em entendam errado, ser só Gamer ou ser só técnico em informática não é ruim, são duas coisas que não costumam andar juntas, é quase como dizer que para ser um bom motorista é preciso saber consertar o carro. Ser um Gamer de destaque exige dedicação, para ser um técnico em informática de destaque também exige dedicação. Nada impede que uma pessoa se dedique a ser Gamer e técnico em informática, mas terá menos tempo do que outra pessoa que só se foca em uma atividade e que por consequência será melhor que aquele que tem 2 ou mais atividades. Este é um dos motivos dos Gamers em geral preferem o Windows 7, menos atualizações, menos bugs menos dor de cabeça, mais tempo para jogar, porque afinal o negócio é se divertir. O Windows 10, OS que não amadureceu ainda, se é que isso vai acontecer algum dia. O Windows 10 já teve 4 versões até agora o Threshold 1, Threshold 2, RedStone 1 e RedStone 2 e antes do final do ano deve sair o RedStone 3, cada versão o Windows 10 incorpora novas funções e podem causar conflitos com softwares mais antigos, eu particularmente não gostei do RedStone 1 vulgo edição de aniversário (ôoo treco ruim, eu chamo de presente de grego), a RedStore 2 vulgo Creators Edition até agora me parece muito boa, fora as 4 versões que você é obrigado a atualizar, todo mês praticamente tem uma atualização grande obrigatória. Isso incomoda muito quem é Gamer que quer só jogar. Eu já vejo de maneira diferente, o software sempre tem melhorias e novidades, está certo que nem sempre a novidade é melhor (RedStone 1), mas está sempre evoluindo (é o que eu espero de um OS) e tem os exclusivos de DX12 que só roda no PC com Windows 10. Este é um dos motivos que pessoas preferem o Windows 10, sempre atualizando, novas funções e exclusivos do DX12. O Windows 8.1 está praticamente na mesma política do Windows 7, não vai haver mais funções novas nativas, ele é a segunda versão do Windows 8 que veio para consertar o estrago feito pelo Windows 8, e se saiu muito bem, mas com o lançamento do Windows 10 deixou com o tempo de ser uma opção atraente, fora que ficou com o estigma de ser Windows 8.

      • Carlos Pacheco

        Hein? Acho que não…

    • Felipe

      Pode ser simplesmente questão de gosto. Usuário não quer / não gosta do Windows 10.

    • Pcmasterrace

      De DDR2 para DDR3 tem diferença significativa mas de DDR3 para DDR4 não tem nem em benchmarks.

      É como tentar assobiar e chupar cana ao mesmo, quanto mais aumentar a frequência mais latência e uma coisa acaba anulando a outra.

  • DarthTheme

    O suporte não é oficial, então não muda muito.