A Microsoft anunciou que os participantes registrados no Windows Insider Program que optaram pelos canais de distribuição Rápido e Lento já podem fazer o download do Windows 10 Mobile Preview build 15254.1 via Windows Update.

De acordo com a empresa, este build é basicamente o Release Candidate do Windows 10 Mobile Fall Creators Update.

Faça o download do Windows 10 Mobile Preview build 15254.1

Os participantes do Windows Insider Program com um dos aparelhos suportados abaixo e que estejam rodando um dos builds mais recentes podem fazer o download do Windows 10 Mobile Preview build 15254.1 entrando nas configurações do sistema operacional e mandando ele procurar por novas atualizações:

• HP Elite x3
• Microsoft Lumia 550
• Microsoft Lumia 640/640XL
• Microsoft Lumia 650
• Microsoft Lumia 950/950 XL
• Alcatel IDOL 4S
• Alcatel OneTouch Fierce XL
• SoftBank 503LV
• VAIO Phone Biz
• MouseComputer MADOSMA Q601
• Trinity NuAns NEO

Para novos participantes, baixe o aplicativo Windows Insider aqui, faça o login com a mesma conta usada para se registrar, escolhe a opção Insider Fast ou Insider Slow e confirme:

Faça o download do Windows 10 Mobile Preview build 15254.1

Novidades no Windows 10 Mobile Preview build 15254.1

De acordo com o anúncio da Microsoft, o Windows 10 Mobile Preview build 15254.1 traz as mesmas correções introduzidas pelo Windows 10 Mobile Preview build 15252 e também traz as correções e melhorias introduzidas pela atualização cumulativa KB4041676.

  • André Romero

    Alexandre, sem stress ou briga, mas continuo não concordando.

    – No mundo dos softwares, nada acontece por acaso, ou acontece por pura teimosia, implicância ou birra. Você atribui o insucesso do WM à preferência dos usuários pelo Android, como isso fosse uma coisa do acaso, consequência de uma super exigência (que você indiretamente trata como descabida) por parte dos usuários ou mesmo um mero ‘azar’ da Microsoft.
    Isso é ocultar da análise o fato inconteste que o Android é um OS que caiu no gosto popular atual pelos mesmos motivos que fizeram o Windows explodir na década de 80 para cá. Interface amigável, eficiência e boa política com os desenvolvedores.
    – Ao longo desses anos cansei de ler queixas de desenvolvedores na web dizendo que a estrutura do WPhone/Mobile dificultava em muito o desenvolvimento de apps para esses OS, restrições que não existiriam em outros OS para celulares. E que a política de relacionamento com as empresas de apps não seria satisfatória, coisa que não acontecia com o Google e seu OS Android. Conhecendo o histórico de ganância da empresa e sua contínua falta de respeito com seus clientes (vide caso Nokia), não vejo nessa derrocada do WMobile nenhuma surpresa.
    – Como se explica o fato inconteste que os apps para Android e iOS são muito mais detalhados e com muito mais recursos do que os desenvolvidos para WM? Isso revela problemas, não importa se é limitação da plataforma ou no relacionamento com os desenvolvedores. O resultado está aí e foi reconhecido pela própria MS nessa semana que passou.
    – Repito: o Windows se popularizou desde a década de 80 justamente por fazer uma grande parceria com empresas que inundaram o mercado de programas para seu OS. Veja, nos PCs, a proporção de jogos e apps que usam Windows em comparação a de outras plataformas, como o Mac e Linux. Isso foi uma coisa boa, não ruim. Hoje, estratégia semelhante foi adotada pela Google no que tange ao mundo mobile.
    – A MS cometeu muitos erros de avaliação e de estratégia, isso é um fato mais que comprovado pelos resultados que colheu.
    – O exemplo mais emblemático disso foi a Nokia: a MS arrematou de forma hostil a empresa, aniquilou o OS que estava sendo desenvolvido para concorrer no mercado (o MeeGo), enfiou goela abaixo de todo mundo o WP e colheu como resultado final a destruição da empresa, a troco de nada. E deixou incontáveis usuários órfãos (e p* da vida) com as contínuas mudanças abruptas e falta de suporte à plataformas a cada mudança (Symbian, Maemo, MeeGo, Windows 7, 7.5, 8, 8.1 e agora o 10).

    – Para terminar: (1) O (muito limitado) equalizador nativo no Windows Mobile SÓ FUNCIONA se tiver um fone de ouvido acoplado ao celular, tal qual seus aprimoramentos de audio (como o Dolby). Se você possuir um fone sem fio, bluetooth – ainda que da própria Microsoft – ele simplesmente permanece desabilitado e não funciona. Verifique se outros OS para celulares possuem essa absurda limitação. Imagine alguns celulares modernos que nem conector 3,5′ possuem com WM?
    (2) No caso do Metro, o usuário não quer ‘algo a mais’. Simplesmente não aceitou a interface Metro, ponto. A MS foi alertada quanto a isso anos atrás, desde o lançamento do Windows 8 para PC, e já deveria ter aprendido a lição. A prova inconteste disso é que a maioria esmagadora dos usuários atuais abraça sistemas como o Android e o iOS, cujas interfaces não inventam moda e usam os velhos e bons ícones, tal qual o Windows fazia desde antigamente – padrão que quis abandonar quando lançou os quadradinhos do Metro.

    Abraço

    • Na prática o Windows Phone/Mobile pode ser considerado o “Linux dos smartphones”: ele chegou atrasado no mercado (culpa total do Ballmer), quando chegou havia ao menos um grande player estabelecido (Google e Apple), e os desenvolvedores não se interessaram para desenvolver para essa plataforma. Deu no que deu..

      O Android, por outro lado, é o “Windows dos smartphones”: ele pode ser instalado em qualquer aparelho de qualquer fabricante, custa muito pouco (embora ele seja “gratuito”, os fabricantes pagam $$$ para o Google aprovar o seu uso) e os desenvolvedores gostaram da plataforma e desenvolvem para ela. O resultado é o que vemos no mercado :)

      • André Romero

        Concordo, Baboo.
        Acrescento que as decisões da MS demonstraram enorme falta de visão.
        Sou daqueles que acham que todos perdem com o oligopólio Android/iOS. Aliás, com qualquer forma de mono/oligopólio. Mas a MS colheu o que plantou.

        • Sim, infelizmente.. mas ao contrário do Linux, que nunca teve, continua não tendo, e nunca terá uma estratégia para crescer no desktop, a Microsoft tem algumas ideias e projetos futuros interessantes p/ o mercado mobile..

          • Alipio Santos

            discordo de todo mundo aqui e explico o porque abaixo:

            um usuario de windows phone, quer um aparelho prático. sem frescuras.

            Uso a anos windows phone e não troco por nenhum ios ou android da vida.

            Pelo simples fato que o hardware geral de qualquer lumia, é muito melhor otimizado ao sistema que qualquer aparelho android do mercado.

            “visto que para a interface ser fluida necessita de um hardware absurdo, o que eleva o preço do aparelho para o usuario final.

            Sobre o lumia 535 já tive um, nunca prestou aquele lixo. o problema não é software, o aparelho que não presta mesmo.

    • Alexandre

      eu tbm acho que não devemos brigar por causa disso, cada um tem sua opinião aqui e eu respeito a sua opinião como espero que vc respeite a minha.
      sobre o Windows Mobile, eu tbm tive 2 celulares deles ou seja o Lumia 520 que tenho até hoje e o Lumia 535 que dei de presente para a minha sobrinha.
      sobre suporte da Microsoft até concordo com vc, eu tbm tive problemas com o suporte deles para consertar o problema do TouchScreen do Lumia 535 que eles falavam que era só atualizar que o problema era resolvido… só que não foi!!!
      sobre o Android eu concordo que ele é o mais popular entre os usuários que querem facilidade como aplicativos, só que o Windows Phone seu único defeito (se é que podemos chamar assim) foi não ter bastante aplicativos na sua Play Store… pq se tivesse o sistema estaria funcionando até hoje sem nenhum problema!!!
      sobre aplicativos lixos concordo novamente e basta vê os aplicativos que tem na Play Store do Android como “Ventilador Para Refrescar o Usuário”, onde até parece que o celular ou tablet vai refrescar o usuário… mais fácil dele explodir e queimar o usuário como foi com os celulares da Samsung!!!
      sobre aplicativos úteis tbm concordo que existe muitos aplicativos bons como no Android que existe muitos aplicativos de antivirus, resfriador de cpu, mensageiros, redes sociais, aplicativos bancários, aplicativos de transportes e etc.
      por isso que o Android e até mesmo o IOS são famosos, por causa da quantidade de aplicativos em suas Play Stores… pq se o Windows Mobile tivesse bastante aplicativos tbm estaria brigando até hoje com Android e IOS!!!
      só que o Windows Mobile só tem aplicativos básicos como Whatsapp, Facebook, Twitter, Instagram, Uber, Aplicativos Bancários e etc e os usuários não querem somente isso… querem Editores de Imagens e Videos, Novas Redes Sociais, Aplicativos para Baixar Videos e Músicas, Temas de Personalização e etc!!!
      resumindo concordo em quase tudo que vc falou, realmente hoje em dia o celular faz de tudo pelo usuário e virou mais que um computador de bolso… essa é a verdade!!!
      concordo em quase tudo e sobre o fone de ouvido, eu tenho 2 aqui… um normal e um bluetooh e ambos funcionam normalmente no Windows Mobile!!!
      sobre o Metro eu acho que o usuário se acostuma se ficar usando todos os dias, onde o Metro veio com intuito de ajudar o sistema a ficar bem fácil para o usuário… porém concordo que tem horas que o Metro enche o saquinho!!!
      mais a verdade é que o Windows Mobile tinha tudo para dá certo e só não deu pq os usuários querem algo a mais nos aplicativos do que ficar somente com o básico.

  • Alexandre

    Windows Mobile tinha tudo para ser um grande sistema, só que os usuários querem sempre algo a mais e nunca o básico e com isso foi um dos motivos que fizeram a Microsoft viesse acabar com o Windows Mobile para sempre.
    pq se o usuário soubesse ficar somente com o básico ou seja aplicativos básicos como Whatsapp, Facebook, Twitter, Instagram, Uber, Banco e etc… o Windows Mobile continuaria funcionando até hoje!!!
    só que o usuário quer jogos, editores de todos os tipos, aplicativos para baixar videos e músicas, temas de personalização e etc… aí é muito para a Microsoft que já tem que se dedicar quase 100% no Windows para computadores!!!

    • André Romero

      Alexandre, meu amigo, perdoe-me, mas discordo de você. Não entendi a lógica do argumento. Ao contrário do que fez o Windows na década de 80 com o PC, o WP errou desde sempre em muitas coisas, a começar pela sua política – segundo diversos artigos publicados na rede – de dificultar a vida dos desenvolvedores de apps.
      Em 2o., agora digo eu, em fazer um OS que absurdamente não tem funcionalidades básicas, como um simples equalizador de som que funcione com fones sem fio da própria empresa.
      E sem contar que todos os apps desenvolvidos para o WM são muito (mas muito mesmo) mais limitados do que os mesmos desenvolvidos para o iOS ou para o Android.
      E particularmente aqui – atribuo esse fracasso à insistência da MS com os infames quadradinhos tipo Metro que a MS nos empurrou pela goela desde o Windows 8 e que, desde aquela época, não caiu no gosto de ninguém.
      Grande abraço.

  • Magdiel

    É seria acabou de chegar a noticia ontem que a Microsoft vai desistir do Windows 10 Mobile ? E as pessoas que compraram o caríssimo lumia 950xl microsoft nao tem dó mesmo.

    • Luiz Fernando

      Exato. Oficial.
      E a Aurélio acreditando na reestruturação da plataforma em 2018 rsrs.
      Há tempos falo, Microsoft foi reticente com o WP. O resultado da incompetência está aí.
      Melhor coisa que fiz este ano vou pegar um iPhone e vender o Lumia 950, o qual estava um verdadeiro lixo.

      • Magdiel

        Particularmente gosto do sistema leve do wp10 so que fizeram o mesmo quando lançaram o lumia 900 com wp7 ai anunciaram o fim do suporte e inicio ao wp8 quem tinha comprado o lumia 900 ficou chupando manga pois anunciaram a incompatibilidade do aparelho.
        Fizeram o mesmo com 950 e 950xl pessoas compraram e eles anuncian o fim do suporte

        • Gilvane Bento

          Por isso o sistema da MS não vingou, cada versão nova precisa comprar um aparelho novo, desta forma a base de usuários só foi caindo, se ela tivesse vindo atualizado os aparelhos a história poderia ter sido diferente.

          Inclusive teve a questão da incompatibilidade de aplicativos, um aplicativo do 10 não funciona no 8/8.1, do 8/8.1 não funciona no 7.

          • João Santana

            Não muito diferente do Android. Eu tive um Samsung que para usar a Gingerbread só instalando a CyanogenMod não-oficial do aparelho. Para não ficar tanto no passado: Outros modelos de outras montadoras não receberão o Android Oreo e era isso, quem quiser que compre aparelho novo com o sistema, não adianta chorar. Não sei por que quando é a MSFT é esse mimimi. E aplicativos não funcionam porque feitos com frameworks diferentes. É a mesma coisa no Android – app feito para o 6 não funciona no 4, e assim por diante.

          • Gilvane Bento

            Retrocompatibilidade de aplicativos, isso não existe no Windows Phone.

          • Fabricio Moura

            Lá não tem é aplicativos, adorava o limia, mas fui obrigado a comprar um android.

          • Gilvane Bento

            Tinha pouca coisa mesmo.

          • Alipio Santos

            Concordo com o João Santana.

            A maioria dos mimizentos, na real é fanboy, acham que suporte é eterno.

          • André Romero

            Apenas debatendo:

            Antes de mostrar minhas objeções, importante dizer previamente que sempre usei Windows desde 1987 desde a faculdade, quando esse ainda era a versão 3.11 Windows for Workgroups (sim, já estou com 50). Passei por todas as versões do Windows desde então, como o NT 4.0, Windows 95, 98, Millenium (abominável), 2000, XP, Vista (horroroso), 7, 8, 8.1 e hoje estou no 10. Sou betatester desde que a MS criou esse programa, com o Vista. Dito isso, apenas debatendo os argumentos dos colegas:

            – O fato do Lumia ser melhor otimizado para WP (fato óbvio, pois os Lumia nasceram para o WP) não resulta em nenhuma vantagem nem na prática nem na própria teoria. Primeiro porque não existem Lumias rodando oficialmente Android para fazer qualquer teste comparativo para atestar essa vantagem. E em segundo, porque cada empresa otimiza o Android – um OS aberto – de acordo com seu hardware. Hoje tenho um Oneplus 5 cujo Android 7.12 é modificado e vem com o nome OxygenOS, perfeitamente otimizado para o hardware desse aparelho.
            – Por minha influência, minha mãe teve um Lumia 920, meu sobrinho um antigo um 7xx (sim, um dos primeiros, não me lembro exatamente qual), minha mulher um 930 e um 640. Eu comprei um 1020 e fiz meu pai comprar outro. Com exceção do 1020 – cujo hardware não é lá essas coisas em termos de desempenho – afirmo que todos eles são umas bombas.
            – Como o 920 dela deu defeito, minha mãe hoje possui um Samsung J5Android – um telefone de 600-650 pratas pra lá de meia boca – mas que roda tudo com muito mais rapidez e eficiência do que qualquer um dos Lumias que tive, inclusive – para o meu desprazer – do meu próprio Lumia 1020.
            – Todos os apps, em comparação com os análogos no Android são piores, menos detalhados, com menos recursos e abrem de forma muito, mas muito mais lenta nos Lumias, independentemente do hardware em questão. Falo com autoridade aqui: tenho dois Lumias de ponta para comprovar – meu 1020 e o 930 da minha mulher. Pegue um mísero Whatsapp por exemplo e faça o teste. Até o Alcatel de 300 pratas de uma sobrinha minha de 12 anos de idade abre mais rápido.
            – De onde o amigo tirou essa ideia de que Android necessita de hardware absurdo para rodar fluido? Veja o caso do Samsung J5 e do Alcatel acima: eles rodam tudo e de maneira fluida e custam muito mais baratos do que a maioria dos Lumias lançados, se não a totalidade deles.
            – Preferir WPMobile, Android ou qualquer outro OS é questão de gosto e isso não tenho o direito de opinar. Agora essa de que o usuário do WP quer um aparelho ‘prático e sem frescura’ é uma enorme falácia. Sou um deles meu amigo, e garanto que comprei meus DOIS Lumias 1020 caríssimos desejando um celular de ponta. O que dizer de quem pagou 2.400 pratas num Lumia 930, preço semelhante num Lumia 1320 e no 1520? Hoje temos até celulares de 30004000 reais, mas na época de seus lançamentos, os preços desses Lumias Tops de Linha eram equivalentes aos melhores do mercado. E quem apostou no 950950XL queria pagar uma fortuna também num aparelho sem frescura? Conheço gente que chegou até a importar o aparelho e hoje amarga seu arrependimento.
            – Por fim, concordo que todos os OS possuem algum problema de retrocompatibilidade, mas é indiscutível que no LumiasWP o negócio foi indecente. Um dos motivos da MS ter se destruído no mundo dos celulares é o fato de ter obrigado incontáveis vezes seus consumidoresapoiadores – ou seja, seus formadores de opinião – a trocar de aparelho toda vez que ela fazia uma atualização que, de forma quase criminosa, excluía quase todo seu público. A atualização para W10 foi outra catástrofe: não poupou nem os Lumias de ponta, como os meus. E esse OS nasceu torto, pessimamente concebido, com bugs inacreditáveis e permanece assim até hoje. Quem comprou os Lumia 950950XL – o top dos tops – que o diga. Não há fã da MS ou da Nokia (ou ambos) que resista a tanta falta de respeito e descaso. Ao fazê-lo, é como se a MS jogasse fora seu público e quissese formar uma nova leva de consumidores.
            – Para mim, diante desse desalentador quadro, meu camarada, me perdoe, mas quem defende um sistema desse, com esses resultados (e práticas empresariais como essas) para mim é pra lá de fanboy – não quem defende outros OS.

            E viva o Windows 10 nos computadores, pois dele eu não abro mão.

          • Alexandre

            lá tinha aplicativos básicos como Facebook, Instagram, Whatsapp, Twitter, Uber, aplicativos bancários e outros… só que os usuários não queriam somente isso!!!
            queriam jogos, editores de video e imagens, novas redes sociais, aplicativo para baixar filmes e músicas e etc… aí fez a Microsoft optar pelo fim do Windows Mobile para sempre!!!

          • Alexandre

            como disse antes se o usuário soubesse ficar somente com aplicativos básicos como Whatsapp, Facebook, Twitter, Instagram, Uber, Banco e etc… a Microsoft nunca ia terminar com o Windows Mobile por causa disso!!!
            só que o usuário é exigente demais e querem jogos, editores de todos os tipos, aplicativo para baixar música e video, novas redes sociais e etc e com isso fez a Microsoft acabar optando pelo fim do Windows Mobile… essa é a verdade!!!

      • Ballmer errou feio ao comprar a Nokia (Gates e Satya eram contra isso desde o início) e a Microsoft está apagando isso do mercado. A empresa corretamente dá suporte aos produtos existentes, mas não passará disso.. Depois virá uma nova fase no final de 2018 ou em 2019..

        • André Romero

          Baboo, uma ressalva: quem errou feio foi a Nokia ter permitido a aquisição hostil pela MS. A MS quem destruiu a companhia e estragou irremediavelmente o nome da Nokia e não o contrário.
          Ainda que não conseguisse reverter totalmente a perda de mercado para os iPhones, acredito piamente que o MeeGo faria muito mais sucesso do que o infame WP, WMobile, W10 o que for e garantiria uma sobrevida legal para a Nokia. Arrisco a dizer que ela ainda teria, ao menos, uns 15 a 20% do market share.
          Mas essa é a minha opinião, abraço.

          • Alipio Santos

            tenho certeza absoluta que a nokia continua sendo uma grande marca, pelo simples fato que a construção dos nokias é infinitamente melhor, no requisito resistência e performance. que qualquer outra marca do mercado.

          • André Romero

            Você está falando de outra Nokia, Alípio. Nessa nova Nokia a única coisa que ela tem da empresa que todos conhecemos é o nome e muitos de seus antigos executivos.
            Espero que você esteja certo, afinal sempre fui fã incondicional da Nokia. Mas o fato é que a MS conseguiu destruir a empresa finlandesa que conhecíamos.
            Gostando ou não, a Nokia hoje é apenas uma fração da antiga Nokia que existia antes da MS. Se conseguirá recuperar seu prestígio e uma razoável fatia do market share, só o tempo irá dizer.
            E se conseguir, ainda que com celulares equipados com OS de outra empresa, só confirmará que o Windows Phone de fato era o grande problema que puxava a companhia para o ralo.

      • Alexandre

        a verdade é que muitos vão optar pelo Android como sempre optaram, pois nem todos tem condições financeiras para ter um IOS.
        com isso sendo aquela briga nas lojas, principalmente em épocas como Final de Ano… sem falar de outros motivos!!!

        • André Romero

          Alexandre, respeitando sua opinião, deixo meu depoimento aqui.
          Acabei de comprar um celular Oneplus 5, com configurações de ponta e que não custou barato: 128GB de armazenamento, 6GB de RAM, corpo de alumínio, câmera frontal dupla de 20MP + 16MP (fotos tão boas ou melhores do que do meu Lumia 1020, de 41MP) e equipado com Android 7.1 purinho. O desempenho dele é fantástico, superior em muitos pontos ao S8 da Samsung e do iPhone 7. Veja os comparativos.

          Tem muita gente, como eu, que simplesmente não gosta de iPhone, nem de seu estilo, nem de seu OS. Ou simplesmente prefere Android.

          • Alexandre

            celular assim costuma ser caro mesmo, não importando aonde vc compre.
            agora pega um celular mais ou menos como Samsung Galaxy Gran Prime Duos ou Moto G3… o celular saí por menos de 500 reais e dependendo da loja vc ainda pode parcelar em até 12 vezes!!!
            se for numa operadora e fazer um plano com eles pode até sair de graça o aparelho, agora tem que saber se as câmeras do celular e a duração de bateria são ótimas mesmo.
            pq eu tenho um Samsung Galaxy Gran Prime Duos e falo mesmo a bateria não dura nem 1 dia direito, já as câmeras dependendo do local… elas até batem ótimas fotos!!!
            onde devo comprar outro celular melhorzinho no final do ano se Deus quiser, porém sinto muita falta do meu Lumia 535 que batia ótimas fotos e a bateria durava 2 dias no mínimo sem nenhum problema.
            então o Android dependendo do modelo e marca, a bateria acaba muito rápido… essa é a verdade!!!
            já o IOS eu nunca testei, porém o meu sobrinho tem um Iphone e ele vive carregando a bateria dele e pelo jeito a bateria não deve durar muito tbm… já as fotos do Iphone são ótimas pelo que vejo ele postar no Instagram e Facebook dele!!!
            só que eu não tenho condição financeira para dá 5 mil reais num celular para ele ser roubado ou até mesmo vim com algum defeito, prefiro um celular bom e barato para usar.
            sobre gostar de IOS ou Android ou Windows Mobile, eu não ligo para sistema… o importante é que ele atenda as minhas necessidades do dia a dia!!!

          • André Romero

            O que eu quis dizer é que muitas pessoas optam pelo Android o fazem porque preferem esse OS e não porque não tem grana para pagar por um iPhone. E concordo com você quanto ao preço absurdo dos celulares no Brasil. Isso é o preço que pagamos por sermos lacaios e satélites de países desenvolvidos e o preço maior ainda de não termos investimento em educação, C&T, que é uma opção política desses imundos no Poder, não se engane.
            Veja a China: embora esteja exportando um absurdo e criminoso modelo de exploração do trabalho e, com isso competindo deslealmente com países que dão mais proteção ao trabalhador, ao menos investe verdadeiras fortunas em educação e na sua Ciência. E quanto ao problema com celulares com WP/Mobile, partilho com você minha triste experiência em tópicos:
            – Tinha um Nokia N900/Maemo, cujo OS progrediu para o MeeGo, promessa da Nokia para competir com o iOS e outros. E tinha retrocompatibilidade com o Maemo.
            – Veio a MS com o infame Elop, fez uma aquisição hostil da gigante que, embora já estivesse perdendo terreno para o iPhone, recém-lançado, ainda dominava estatisticamente no mundo dos celulares e tinha tudo para reverter essa queda.
            – No mesmo dia que se açambarcou da Nokia, a 1a. medida que tomou foi destruir o Symbian e cancelar o MeeGo, que já estava equipando todos os novíssimos N9. Eu já tinha mandado trazer um de 64GB da própria Finlândia, através de um aluno cuja família era de lá. Está no meu histórico de posts. Nem Whatsapp ele tem, pois ao rifá-lo desavergonhadamente, sem ao menos oferecer mais um ou dois anos de suporte, a MS conseguiu cancelar todo e qualquer desenvolvimento de apps por terceiros. Tenho o meu N9 até hoje, um celular que custou 699 euros, perfeito e sem nenhum arranhão: ele é um símbolo da ganância desenfreada e da falta de respeito da MS para conosco.
            – Mesmo contrariado mas ainda fã da Nokia, apostei no futuro oferecido pela MS e comprei um Lumia 1020/W8. Nesse interim, a MS já tinha sac**neado milhares de pessoas que compraram os Lumias 7 e que depois tomaram uma banana com o lançamento do W8, mais uma vez SEM retrocompatibilidade. Depois, adquiri um Lumia 930 para a minha esposa.
            – Aí a MS lança o W10 e afirma em praça pública que TODOS os aparelhos que rodavam W8.1 (o meu e o da minha esposa incluídos) seriam beneficiados.
            – E o que vimos? Lançaram sucessivas versões pré-alfa do W10, incentivaram a migração e depois deram OUTRA BANANA (que a essa altura já tinha virado uma ‘trosoba’) e, incapazes de resolver a infinidade de bugs do OS, cancelaram o suporte para quase todos os aparelhos – o meu e o da minha esposa incluídos.
            – Ficamos com dois monstros deformados, cuja solução foi ter de usar o NAVFirm para restaurar o W8.1, reformatando os aparelhos.
            – Por fim, a tela do 930 quebrou, a câmera do meu Lumia 1020 pifou… e a MS não tinha peças para reposição para aparelhos que tinham apenas dois anos de uso.

            Esse é o valor do cliente, fã e apoiador para o pessoal da MS.
            Como costuma falar uma economista, o consumidor pode não recuperar o prejuízo causado por um mau serviço de uma empresa, mas ele se vinga.
            Tiveram o fim que mereceram.

    • Alexandre

      quem comprar o Windows Mobile depois dessa noticia, a verdade é que vai ficar com um celular sem atualizações e cheio de problemas no futuro.
      o certo é procurar saber se a noticia do fim do Windows Mobile é verdadeira e se for comprar celular da concorrente no caso IOS ou Android, porém pelo que eu soube a Microsoft estaria acabando com o Windows Mobile em troca seus celulares novos devem vim com o Android atualizado e já imaginou um celular como Lumia 950 XL com Android atualizado???
      só lembrando que o Android atualmente dependendo do modelo e marca acaba muito rápido a bateria e suas câmeras são ruins e alguns aplicativos não como desinstalar pq vem de fábrica ou operadora e fora que alguns aplicativos na Play Store contém ameaças e com isso o usuário é obrigado a usar um antivirus para se proteger.
      eu se fosse o presidente da Microsoft, continuaria com o Windows Mobile e tentaria trazer novidades para o sistema.
      exemplo mais aplicativos, mais jogos, temas de personalização, evitaria que operadoras instalasse aplicativos padrões que não podem ser desinstalados pelo usuário, atualizações de bugs que viesse nos aparelhos da Microsoft e etc.
      outra coisa que faria é levar os aparelhos para o mundo inteiro e não somente alguns países, isso incluindo o Brasil que mal ou bem é um grande país.
      então agora só temos que esperar a decisão da Microsoft, essa é a verdade.