Uma funcionalidade presente nas versões mais recentes do Windows, porém pouco conhecida, é o uso de memória compactada. É uma daquelas funções que não atrapalha o funcionamento do computador, mas que é uma interessante e importante adição ao sistema. Entenda abaixo o que é memória compactada no Windows 10.

O que é memória compactada no Windows 10

Antes de mais nada, vamos entender da maneira mais simplória possível o funcionamento da memória. Quando o Windows abre um aplicativo, ele faz uma “cópia” dos dados para a memória RAM, assim reduzindo o uso de disco e acelerando o processo. Todos os dados que o aplicativo utiliza estão armazenados nessa memória RAM, que é posteriormente descarregada quando fechado.

Até o Windows 8, quando um aplicativo requer mais memória do que o disponível no computador, o restante é armazenado em um arquivo de paginação. O arquivo de paginação é como uma memória virtual que fica no seu disco rígido. Por ter uma leitura consideravelmente mais lenta que uma memória RAM, é bem comum que o aplicativo demore a responder mais do do que o normal.

Vale reforçar que o exemplo é uma simplificação e que existem outros fatores que contribuem para o uso ou não do arquivo de paginação. Por exemplo, um arquivo que permanece por muito tempo minimizado enquanto outros estão em uso intensivo podem ter seus dados copiados para o arquivo de paginação. Ou, no caso do Windows 10, a memória compactada.

Observe agora a imagem abaixo, repare como ela indica que uma porcentagem da memória está compactada e economiza um valor determinado de memória.

o que é memória compactada no Windows 10

Compactação é exatamente o que você imagina, o Windows compacta de maneira similar a um arquivo ZIP ou RAR a memória e a descompacta quando necessário. Em suma, qualquer dado que o Windows considera necessário, mas que não está em uso no momento (como um cache específico de um aplicativo), vai para a memória compactada.

Em teoria, a única grande desvantagem do sistema é um uso intensivo do processador para descompactar a memória. Entretanto, como a velocidade de leitura é muito mais rápida do que um disco rígido, é uma solução que compensa. Outros sistemas operacionais como Linux e MacOS também fazem uso de memória compactada.

Antes de mais nada, existe alguma “solução” para a memória compactada? Bem, não necessariamente é preciso uma solução, pois o sistema usa a memória compactada como uma “linha de frente” e só depois usa o arquivo de paginação.

Agora, se o Windows usa muito da memória compactada e ainda mais do arquivo de paginação, é uma indicação perfeita de que o computador precisa de mais memória. Caso um aplicativo fique lento demais, você não esteja com problemas de espaço em disco, é hora de salvar uns trocados para um novo pente de memória RAM. Afinal, memória nunca é demais.

Esperamos que o artigo tenha sido explicativo e sanado suas principais dúvidas sobre a o que é memória compactada no Windows 10. Veja também formas de determinar o impacto de um aplicativo na inicialização. Outras dicas estão disponíveis na área de Windows do BABOO