Aba de favoritos. Pastas de favoritos, listas de favoritos. Inúmeros sites para “ajudar” com os favoritos. Navegar pela internet e manter o mínimo de organização de links, artigos interessantes, ainda mais quando você acaba por encontrar um que funciona em navegador X e não no navegador Y é complicado. O tutorial abaixo dá algumas dicas de como gerenciar favoritos entre navegadores

Gerenciar favoritos entre navegadores

Antes de trabalhar com a ideia de gerenciar favoritos entre navegadores, vamos começar pelo básico e o essencial. Não apenas para navegadores, para tudo. Padronização. Tenha em mente que pastas você deseja ter e aplique o mesmo conceito em todos os navegadores. Sim, é um processo longo e demorado de início, mas depois vai valer a pena.

Uma pasta denominada Trabalho, outra chamada artigos, outra cultura, etc, já é um grande passo para a organização. O motivo disto é a importação e exportação dessas pastas vai ser muito mais prática daqui para frente.

Dois programas para gerenciar favoritos entre navegadores são extremamente úteis, o xMarks e o StorURL

xMarks

Disponível como uma extensão para o Google Chrome, Opera, Firefox e Internet Explorer (Edge ainda não disponível). O xMarks basicamente sincroniza todos os favoritos (e até as abas abertas) em todos os navegadores. A grande desvantagem dele é a necessidade de uma conta.

Para instalá-lo, acesse o site oficial e escolha os navegadores instalados no computador.

Os links te levarão para as respectivas páginas e assim poderá instalar a extensão. Primeiro escolha um dos navegadores e instale primeiro. Com ela instalada, crie a conta o que o xMarks deve sincronizar. No caso, os favoritos (bookmarks).

Feito isto em um dos navegadores, basta entrar com a mesma conta nos outros navegadores e escolher Syncrhonize now.  Todos os navegadores terão as mesmas pastas e favoritos sincronizados. Você pode fazer com que ele sincronize manualmente ao clicar no ícone e seleciona Syncrhonize now.

StorURL

Mais robusto, porém mais complexo que o xMarks. O StorURL é mais como um imenso banco de dados para organização, importação e exportação de favoritos do que uma maneira de os sincronizar. A vantagem é a não necessidade de uma conta e um aplicativo ao invés de uma extensão. Faça download no site oficial e instale-o.

Antes de começar a usar é preciso importar o arquivo de favoritos do navegador. Muitos navegadores usam a opção de exportar para um arquivo HTML, mas no caso do StorURL é preciso ir diretamente na pasta e pegar o arquivo de favoritos em si.

No caso do Chrome, a pasta é: C:\Users\nome-do-usuario\AppData\Local\Google\Chrome\User Data\Default e o arquivo bookmarks.

Para o Firefox C:\Users\ nome-do-usuario \AppData\Roaming\Mozilla\Firefox\nome-do-perfil.default e o arquivo places.squlite

Já para o Opera a pasta é C:\Users\AppData\Roaming\Opera Software\Opera Stable e o arquivo bookmarks.

Vá em File -> Import e escolha o navegador desejado.

Aponte para o arquivo desejado (dos listados acima) e clique em OK. Repare que agora ele é uma pasta dentro do StorURL, incluindo a hierarquia de pastas criada na aba de favoritos.

Aqui vai o mais interessante do StorURL, a opção de verificar se os links ainda são ativos. Para isso, selecione-os e clique no ícone apontado da imagem.

O aplicativo fará uma verificação rápida e retornará OK caso o link ainda pode ser acessado. Particularmente útil para aqueles que possuem uma pasta de favoritos extensa e não sabem se os links ainda funcionam.

Repare que na imagem acima apenas 2 dos links deram OK enquanto o restante apontou que o site não estava disponível. Após uma segunda varredura foi confirmado que os links estavam expirados.

Outra opção muito rápida de ser feita no StorURL é mover um favorito de outro e criar uma “pasta central”.

Digamos que todos os favoritos são profundamente diferentes de acordo com o navegador, com itens antigos que não funcionam mais e você quer um banco de dados central. Clique Ctrl+Alt+N e crie uma Categoria-raiz. Para criar categorias internas, mantenha a raiz selecionada e aperte Ctrl+Shift+N. Veja o exemplo abaixo.

Com isto, basta arrastar os links funcionais de acordo com a categoria desejada para organizá-la.

Agora, tudo o que resta é gerar um arquivo HTML para importar para o navegador ou navegadores que deseja usar. Ainda com a categoria raiz selecionada, clique em File -> Generate HTML -> Selected Category. Aponte para o local desejado e ele será criado.

Pronto, agora tudo o que é preciso é importar para o navegador desejado. O processo é basicamente o mesmo para todos os navegadores, diferenciando apenas o local de onde deve ser feito.

Para o Chrome, abra o gerenciador de favoritos e em Organizar escolha Importar favoritos de arquivo HTML. O mesmo processo é válido para o Opera.

gerenciar favoritos entre navegadores

Já para o Firefox, aperte Ctrl+Shift+B para abrir a biblioteca e vá em Importar e Backup. Escolha Importar favoritos de HTML e aponte para o arquivo criado. Pronto! Eles aparecerão em uma pasta adicional dentro do Firefox.

Isto conclui as dicas para gerenciar favoritos entre navegadores. Para mais dicas e tutoriais, acesse a área de Software do BABOO.

  • Testei alguns, mas o único que funcionou pra mim foi o EverHelper – > https://www.everhelper.me

    Outra dica é desativar a sincronização nativa do seu navegador.

    • Pablo HP

      Experimentou o xmarks? Acha o everhelper melhor que o xmarks? em que? valeu.