O navegador Vivaldi v1.8.770.50 foi disponibilizado para download nesta quarta-feira para Windows* e outros sistemas operacionais.

O novo navegador foi criado por John von Tetzchner, ex-CEO e co-fundador da Opera Software. Ele deixou a empresa em 2011 por achar que o desenvolvimento do navegador Opera estava indo na direção “errada”.

Baseado no mecanismo de renderização Blink, o novo navegador suporta muitos dos recursos já existentes no Opera como Speed Dial e mouse gestures.

O navegador Vivaldi v1.8.770.50 também traz gerenciador de favoritos, suporte para personalização do mecanismo de busca, suporte para restauração rápida de guias fechadas e muito mais.

Outro detalhe é que o navegador também é compatível com as extensões do Google Chrome disponibilizadas via Chrome Web Store.

*Windows XP e Windows Vista não são suportados.

Faça o download do navegador Vivaldi v1.8.770.50

O navegador Vivaldi v1.8.770.50 (32 bits) para Windows está disponível para download aqui. A versão 64 bits do navegador para Windows está disponível aqui.

Usuários de outros sistemas operacionais podem fazer o download do navegador aqui.

De acordo com o anúncio no blog oficial, esta versão traz um novo Histórico de navegação que é bem mais completo e detalhado do que o que é oferecido atualmente por outros navegadores, suporte para criação de anotações arrastando e soltando texto selecionado, opção para desativar a atualização automática no Windows e outras novidades.

Vivaldi v1.8.770.50
Navegador foi criado por John von Tetzchner, ex-CEO e co-fundador da Opera Software
Algumas opções do navegador
Navegador Vivaldi é compatível com as extensões do Google Chrome
  • Thiago

    Realmente a empresa não investiria sem querer algo em troca, ou seja, o lucro. Porém, a Opera Software já oferece isso da forma que é feito e o grupo chinês não sairá no prejuízo mantendo isso. Percebe? Como eu disse anteriormente. Apesar de agora pertencer a um grupo chinês a seriedade da Opera Software quanto a privacidade dos usuários não mudou até o momento e ainda não é necessário uma mudança e deixar de recomendá-lo. Eu li sobre isso e me parece que Donald Trump já aprovou.

  • Thiago

    O Baboo não posta mais nada sobre o Opera desde que foi comprado por um grupo chinês. O que eu não vejo motivo. Se for pensar assim. Não deveria postar nada de empresas americanas, que ano após ano descobrem vários meios que o Governo americano utiliza para espionar a todos. O país mais invasivo a nossa privacidade. E a política de privacidade das empresas não tem adiantado de nada para impedir isso. Olho constantemente se existe atualizações na política de privacidade do Opera e não tem nada de ameaçador.

    • Thiago
      • O problema é que eu não confio em NENHUM software de segurança chinês (Qihoo, Baidu, PSafe..) ou navegador chinês (Opera, Spark,..) pois essas empresas lucram com publicidade e quanto mais souberem sobre o internauta, melhor – independentemente do que diz a Política de Privacidade de seus produtos..

        • Gilvanise

          Não vamos utilizar smartphones Motorola(Lenovo), produtos da Asus, Acer, ou comprar produtos na Aliexpress para proteger nossa privacidade, ah, e arrume uma alternativa aos serviços de gigantes como Google ou Microsoft que oferece produtos ou serviços “grátis” em troca dos nossos dados. Melhor cancelar a internet, usar só telefone fixo e voltar aos anos 80. Que paranóia

          • Hardware é uma coisa, e software é outra. O meu posicionamento é relacionado ao software chinês.

            A Microsoft lucra com a venda de Windows e Office (90% para empresas) e para ela os dados do internauta não são importantes pois não influenciam seu faturamento. Google e Facebook, por outro lado, lucram muito mais se souberem mais informações sobre seus usuários.

          • Gilvanise

            As empresas chinesas, e demais, que comercializam smartphones embarcam softwares de análise, para prestar serviço de suporte aprimorado, experiencias personalizadas, vulgo, montar perfil de uso do usuário, coletando nossos dados…o sistema operativo móvel mais utilizado mundialmente é desenvolvido por uma das maiores empresas analíticas de internet. O Google está presente em todos os lugares, inclusive aqui, ajudando o site a gerar receita. Se empresas chinesas coletam dados para analise com intuito de prover anúncios mais relevantes a seus clientes ótimo, se o tratamento desses dados são utilizados incorretamente, acredito que existam órgãos regulamentários que não permitem que certos dados sejam utilizados fora de um distrito mesmo que previamente consentido em contratos ou políticas de privacidade. Eu acredito que para a maioria dos usuários que não comete atos ilícitos, não existe risco algum em utilizar um software chinês. É uma opinião, seja menos radical, os leitores do site agradecem.

          • Eu concordo totalmente com o que você disse, mas a política de privacidade da Qihoo (citada no site dos antivírus chineses) é tão absurda e ofensiva para ser utilizada em um antivírus que eu não vejo como essa empresa possa ter credibilidade depois disso..

            Os chineses estão comprando o mundo (a Tencent acaba de comprar 5% da Tesla), mas utilizar antivírus para obter dados dos internautas é demais para quem se preocupa com privacidade e segurança..

          • Gilvanise

            Eu concordo com você em relação aos antivírus chineses, mas acho que o navegador Opera ainda tem credibilidade, e até onde eu sei, não existe nenhuma evidência de que exista abusos em seus softwares. Eles continuam com a mesma equipe trabalhando na mesma sede , inovando como sempre fizeram . Até que se prove o contrário, acho que os leitores do seu site saem perdendo com falta de informações sobre este navegador, que merece respeito devido a sua história. Abraços

          • Thiago

            Sim, isso mesmo. Você poderia voltar a postar sobre o Opera e manter um link com o artigo mostrando seu ponto de vista quanto os softwares chineses. Mas como o nosso colega disse. Ainda não existe qualquer evidência de que exista abusos da Opera Software e os seus produtos quanto a privacidade do usuário, por isso, é interessante enfatizar isso e não tirar a credibilidade dos produtos da Opera Software sem evidências de abuso de privacidade. Concordo que um software chinês de segurança coletar informações é um absurdo, principalmente sendo um software de segurança justamente para protegê-las. Muito legal você cogitar voltar a postar sobre o Opera. Obrigado!

          • Sidney Moraes

            Baboo, eu concordo em postar um artigo sobre software chinês de forma geral, porque coletar dados por coletar, a Google e o Facebook também fazem, agora se puder mostrar reais motivos para não confiar em software além dessa coleta abusiva de dados. Um exemplo que eu me lembro bem é estratégia invasiva da 360 security de promover o próprio navegador.

        • Thiago

          Então porque indicar programas americanos? Eles são mais seguros e honestos quanto a privacidade? Não é o que tem sido noticiado. Se for ser contra uma empresa por esse motivo. Acabará não usando software nenhum, principalmente os americanos e pelo governo do País que invade a privacidade de pessoas em todo o mundo.

          • Nada supera a China em relação a espionagem e o artigo sobre antivírus chinês é bem claro sobre isso. Independentemente disso, eu não abordo espionagem governamental (NSA, CIA, Wikileaks & afins) pois em geral isso não tem relação com os produtos oferecidos pelas empresas..

          • Thiago

            Então espero que entenda minha opinião. Eu não crio vínculo com um software e não me torno resistente a mudança. Eu não sou esse tipo de usuário. O Opera é seguro quanto a privacidade e por isso acho que não deveria de postar sobre ele, pelo menos, enquanto ele ainda é seguro nisso e não só por ter sido comprado pro um grupo chinês. Entende o que quero dizer? Ele não deixou de ser confiável mesmo comprado por um grupo chinês.

          • Thiago

            CORREÇÃO: Então espero que entenda minha opinião. Eu não crio vínculo com um software e não me torno resistente a mudança. Eu não sou esse tipo de usuário e não vejo problemas em deixar de usar se necessário um software. O Opera é seguro quanto a privacidade e por isso acho que não deveria parar de postar sobre ele, pelo menos, enquanto ele ainda é seguro nisso e não só por ter sido comprado pro um grupo chinês. Entende o que quero dizer? Ele não deixou de ser confiável mesmo comprado por um grupo chinês.

    • Gilvanise

      Parece aquelas pessoas que estão em certas alas de hospitais com paranoias, e manias de perseguição.

  • 15063

    porque não ta abrindo no insider 15063 ?

    • Thiago

      Nem no meu Windows 10 que não é a versão insider não está abrindo.

      • Joaomanoel

        Aqui está abrindo normalmente e eu tenho o creators update instalado.

        • Thiago

          Você usa o Windows 32 ou 64 bits? Você instala a versão 32 ou 64 bits do Vivaldi?

          • Joaomanoel

            64 bits, ambos o SO e o navegador.

          • Thiago

            Fez uma instalação limpa em um sistema que nunca tinha instalado ele ou apenas atualizou?

          • Joaomanoel

            Atualizei apenas.

  • Gilvanise

    Esse navegador precisa ser otimizado para se tornar relevante. É um Chrome mais lento, e consumindo o mesmo ou mais recursos do pc. Não vale a pena, nenhum diferencial importante

    • Aqui roda de boas, super rápido é com bom desempenho. Mas ainda tem muito que melhorar nesse quesito, principalmente em PC’s mais modestos.

      E como assim “nenhum diferencial importante” ?

      O que mais tem no Vivaldi são recursos diferenciados, que facilitam o dia a dia, alguns exemplos:
      1 – Barra Lateral que permite fixar sites.
      2 – Modo leitura.
      3 – Agrupamento de guias.
      4 – Captura de tela embutida no navegador.
      5 – Modo de exibição lado a lado, que permite abrir 2 ou mais guias na mesma tela.

      Entre outros recursos.

      • Gilvanise

        Poluição visual com funcionalidades que a maioria não utiliza, e alguns básicos faltantes , não é diferencial pra mim. Eles lançarem logo um navegador móvel com sincronização nada, mas melhorar o sistema de histórico deve ser mais útil né ? Fora que é mais lento que o Chrome, Opera, e afins . Precisa melhorar , muito .

        • Thiago

          Concordo com você quanto a poluição visual do Vivaldi. Eles estão lotando o navegador de funções que a maioria dos usuários sequer vai usar. Vai ser um navegador com uma fatia pequena do mercado, ou seja, aquela adepta a essa enorme quantidade de funções. O desempenho do Vivaldi está caindo um pouco. Deveriam tornar o Vivaldi menos “poluído”. Todas essas funções extras poderiam ser colocadas em uma instalação personalizada no instalador, assim, o usuário instala apenas as funções extras que lhe interessa. Assim atenderia ao gosto de todos e teria mais chance de pegar uma grande fatia do mercado, já que estaria pensando em todos os gostos.

          • Júnior Silva

            Como assim “maioria dos usuários não vão utilizar”, esses recursos que eles colocam no Vivaldi é muito pedido pela comunidade! Eu participo da comunidade reportando bugs e pedindo recursos! É incrível como eles atendem aos pedidos! Essas funções nativas do Vivaldi são praticamente todas pedidas dos usuários que estão no fórum! Eles criam um post com o nome “solicitações de recursos para versão 1.9”, criaram esse post ontem assim como criaram para pedir recurso para versão 1.8 ( que já foi lançada e tals ), eu inclusive deixei meus pedidos lá, já fiz uns 20, os pedidos que os usuários mais querem são votados pela comunidade, então não venha com isso de “maioria dos usuários não vão utilizar”, pois isso não faz sentido, são recursos uteis ( claro, nem sempre vc vai utilizar, mas de vez em quando vc acaba utilizando ), no próximo lançamento da versão beta vai dar pra organizar as extensões ( um moderador do fórum “vazou” essa informação, esse era uma das funções mais pedida pelos usuários.
            Lembrando que muitos dos usuários eram utilizadores do Opera 12 ( eu não sou um deles! Pois nunca utilizei o Opera 12 e nem sei quais funções ele tinha e ainda tem, mas estão colocando essas funções nativa no Vivaldi porque os usuários estão pedindo, e as funções são boas! )
            O responsável pelo Vivaldi ( ex Opera ) Jon von Tetzchner disse em inumeras entrevistas que não liga para fatia de mercado, que isso não é a “prioridade” e nunca séra, o navegador é criado para aqueles que querem algo a mais de um navegador, produtividade, usuários avançados e tbem para os que querem apenas navegar simplesmente, enfim, eu poderia escrever um texto enorme ( maior do que esse ) com argumentos sobre o seu comentário.

          • Thiago

            Junior, vou ser gentil com você e tentar “desenhar” o que disse acima. Quando eu falo da maioria dos usuários me refiro a aqueles que estão interessados apenas em um navegador rápido, seguro e estável para navegar na web e que não utilizaram tantos recursos como eles estão colocando no Vivaldi. O usuário comum não está interessado em tantas funções. Enquanto eu falo de TODOS no geral, você olha somente para o todos (da comunidade), ou seja, uma pequena fatia do mercado que utiliza o Vivaldi no momento. Como eu já disse acima. O Vivaldi será um navegador utilizado por uma pequena fatia do mercado, aqueles adeptos a tantas funções e DIFICILMENTE ameaçará os browsers mais utilizados. Por mais que o responsável diga que não é prioridade e nunca será buscar uma maior fatia no mercado. Ele praticamente diz. Quero agradar a poucos, a maioria pode continuar onde estão. Para um negócio é fundamental olhar para todos. QUER UMA BOA PERGUNTA? ME CITE 10 EMPRESAS COM 100 ANOS. Uma grande maioria não sobrevive a tanto tempo e pensando dessa forma a Vivaldi será uma delas.

          • Thiago

            P.S: Lembrando que o mercado é concorrido e inovações surgem a todo momento. Tendo uma pequena fatia do mercado é muito arriscado para um negócio, já que pode surgir outros browsers e engolir essa fatia. Você é um usuário comum no sentido de que não entende de Gestão de Negócios. Então não vou me alongar. A verdade é que a direção “errada” que o Opera tomou segundo os que criaram o Vivaldi, está melhor que a direção “certa” que eles estão tomando.

        • Júnior Silva

          O navegador tem poucos anos de vida, sincronização já esta em teste e com certeza no futuro vai ter uma versão para dispositivos móveis!
          A cada versão lançam mais funções mais isso não atrapalha deles trabalharem na sincronização e no cliente de e-mail ( que tbem vai ter ), lembrando que é uma equipe pequena ( 35 pessoas e não são as 35 que trabalham no desenvolvimento do Vivaldi ).
          Sincronização não é nada fácil de fazer, não é só fazer e lançar para o publico, lembrando que depois que a Google colocou sincronização no Chrome só depois de um tempo que a Mozilla foi por a função no Firefox ( o mesmo vale pro Opera ) e olha que o Opera é uma grande empresa, o navegador é bem conhecido ( apesar de não ter tantos usuários como o Chrome e o Firefox ) e a fundação Mozilla tem muitos voluntários e mesmo assim demorou pra chegar esse recurso ao Opera e Firefox! Logo depois que a Google colocou no Chrome… Então não é um trabalho fácil, alem do mais não pode ocorrer erros quando lançarem isso, pois precisa ter segurança acima de tudo.

          • Gilvanise

            O Vivaldi é promissor, mas ainda não é realidade. O navegador ja vem entupido de links nos favoritos e speedy dial logo no início quando instala para gerar receita, exagerado em quantidade por sinal . Ainda é mais lento que os concorrentes famosos, não tem navegador móvel, ou sistema de sincronização. Notas sem sincronização não serve pra nada, o bloco de notas do Windows atende . Modo leitura já tem no Firefox a temos é mais completo com sistema de leitura para deficientes auditivos, mais funcional. O novo histórico… Simplicidade é mais funcional, não existe nenhuma relevância em melhorar algo que não precisa, encher linguiça. O sistema de prints o Edge já tem …O que sobra de inovação nesse projeto ? O presente é irrelevante pra um projeto que só parece promissor

          • Thiago

            Essa é uma das coisas que não gostei no Vivaldi. Vem lotado de links nos favoritos. Dá para remover mais é só o navegador atualizar que volta tudo.

          • Anonimo

            Mano, pare de reclamar nos post’s.. Vivaldi é um grande navegador e muito promissor, mesmo não tendo os mesmos anos de vida dos outros navegadores. Se alguém gosta de uma coisa, deixe essa pessoa gostar.. guarde suas opiniões para você.

      • Júnior Silva

        Sem contar que a cada atualização vem mais e mais funções nativas! :D, esta ficando muito bom! Sem contar que é muito bom participar do fórum, os usuários realmente estão lá para ajudar e para fazer o navegador cada vez melhor! :)

  • Imagem do novo sistema de Historico, que é o destaque dessa nova versão.
    https://vivaldi.com/wp-content/uploads/2017/03/screenshots-2.jpg

    • Joaomanoel

      Taí algo que navegadores comuns não trazem: páginas de histórico, downloads e similares mais completas ou úteis.