O WikiLeaks publicou recentemente milhares de documentos supostamente pertencentes à CIA, a agência central de inteligência dos Estados Unidos. Entre eles estava um documento com uma lista contendo softwares antivírus que foram burlados pela agência.

A lista também inclui outras soluções de segurança como o Microsoft EMET (Enhanced Mitigation Experience Toolkit).

Lista com antivírus e outras soluções de segurança burladas pela CIA:

– Comodo
– Avast
– F-Secure
– Zemana Antilogger
– Zone Alarm
– Trend Micro
– Symantec
– Rising
– Panda Security
– Norton
– Malwarebytes Anti-Malware
– Microsoft EMET (Enhanced Mitigation Experience Toolkit)
– Microsoft Security Essentials
– McAfee
– Kaspersky
– GDATA
– ESET
– ClamAV
– Bitdefender
– Avira
– AVG

WikiLeaks: Softwares antivírus foram burlados pela CIA

Você provavelmente deve reconhecer a grande maioria dos itens listados. Vale lembrar que o antivírus Microsoft Security Essentials foi substituído pelo Windows Defender no Windows 8/8.1 e Windows 10, mas ainda é basicamente o mesmo software.

Já o Microsoft EMET será descontinuado pela Microsoft em favor dos recursos de segurança já presentes e os que ainda serão incluídos no Windows 10.

Os documentos da CIA divulgados pelo WikiLeaks são de 2014 e o Windows 10 foi lançado só em 2015. Por causa disso ainda não há como saber se os recursos de segurança do sistema operacional também foram burlados.

Os documentos contendo a lista de softwares antivírus que foram burlados pela CIA tiveram que ser “limpos”, possivelmente pela equipe do WikiLeaks, antes da divulgação. A organização disse que a limpeza foi necessária para remoção de códigos maliciosos, dados pessoais e outras informações como endereços IP.

Detalhes técnicos sobre como os antivírus na lista foram burlados também foram removidos durante a limpeza.

Somente algumas informações parciais sobre a forma como três deles, F-Secure, Avira e AVG, foram burlados ainda estão presentes nos documentos.

Saiba mais aqui.

  • Juliano

    Dr Web não apareceu na lista. Ou não tentaram burlar ele ou não conseguiram (mais provável a primeira hipótese, mas nunca se sabe…)

  • Val Gina

    Infelizmente isso mostra que não estamos 100% seguros com nenhum antivírus, mesmo os melhores como Kaspersky e Bitdefender

  • Paulo

    Pessoal,
    onde posso baixar ransonware pra testar meu antivírus?

  • DarthTheme

    Em quanto as pessoas se preocupam de forma excessiva e desnecessária com seus dados pensando que ninguém vai descobrir seus segredos porque seus dados estão protegidos por forte criptografia a empresa de espionagem é espionada.

  • Lucas Silva

    Daqui a pouco alguém vai escrever aqui: “Não tenho nada a esconder, por mim pode pegar meus dados”, tenho certeza disso, haha!

    • DarthTheme

      Eu só um desses que não se importa com dados, porque os meus dados que realmente poderiam importar para algum estão comigo mesmo. Eu não sou do tipo de pessoa que acha que vai gravar todos seus dados importantes na internet ou na máquina off-line, criptografar e pronto. O que realmente importa para mim está comigo e só eu posso acessar.

      • Lucas Silva

        Olá Darth Theme, eu penso ao contrário mas traquilo cada um tem a sua opinião!

        Abraços brother

  • Mauro

    agora pergunta como que eles burlam o software sem codigo fonte abrem os arquivos em codigo binario conseguem mexer assim facil?

    • Lobo Branco

      Pois é… Falar é fácil, difícil mesmo era se realmente ela tinha burlado todos estes antivirus… Só se for por uma brecha do Windows, fazendo com que a CIA tivesse acesso a qualquer AVs, sei la rsrsrs

      • Eles usaram falhas no Windows, Mac, Linux, Android, iOS..

        • Já eu acho que as empresas deixam backdoors de propósito, a “pedido” da NSA/CIA/FBI

          • Cleyton

            Até a Kaspersky?

          • Isso não faz sentido, pois Kaspersky é russa, AVIRA é alemã, BitDefender é romena, ESET é eslovaca, AVG é tcheca, etc.. A imensa maioria dos antivírus não são americanos..

          • Ah, me desculpe, me expressei errado. Eu estava falando especificamente do iOS, Windows, etc.

          • Dificilmente… Na prática todos os sistemas operacionais têm falhas e não é difícil encontrar vulnerabilidades 0-day neles…

          • Wagner Albuquerque Filho

            A questão é que esses programas rodam num sistema operacional seguindo “ordens” do OS. Então basta o OS que é da MS ter uma porta dos fundos para agencias espionarem.

            Quem não deve não teme, eles vão ver o que no meus dados? NADA D+

            Só não quero que eles utilizem minha internet e nem apaguem meus arquivos :D xD

          • Essa paranoia existe desde o Windows 9x, e como hoje em dia o smartphone é muito mais utlizado do que o PC, ela deve ser transferida para o Google e Apple ;)

    • Engenharia reversa.