A Broadcom anunciou nesta semana três chips compatíveis com o novo padrão Wi-Fi 802.11ax, o BCM43684, BCM43694 e o BCM4375.

Novo padrão Wi-Fi 802.11ax

O novo padrão Wi-Fi 802.11ax, e que também é conhecido como Max WiFi, é o sucessor do atual padrão 802.11ac e combina as frequências de 2.4GHz e 5GHz.

Os chips compatíveis com o novo padrão oferecem velocidade de download quatro vezes maior, velocidade de upload seis vezes maior e alcance quatro vezes maior do que o que é oferecido hoje pelos produtos compatíveis com Wi-Fi 802.11ac e sem aumentar drasticamente o consumo de energia.

Os novos chips lançados nesta semana foram criados para uso em roteadores Wi-Fi, gateways residenciais, pontos de acesso voltados para o mercado corporativo e outros dispositivos.

Broadcom anuncia chips compatíveis com o padrão Wi-Fi 802.11ax
O chip BCM43684 é voltado para uso residencial (roteadores e outros dispositivos), enquanto que o BCM43694 é otimizado para pontos de acesso voltados para o mercado corporativo. Os recursos suportados por ambos incluem:

– Suporte para 4-streams de 802.11ax
– Velocidade de até 4.8 Gbps
– Largura de banda de 160 MHz para o canal sem fio.
– Modulação 1024 QAM
– Uplink & Downlink OFDMA
– MU-MIMO
– ZeroWait DFS
– AirIQ Interference Identification
– Conformidade completa com as especificações IEEE e WFA 802.11ax

No caso do chip BCM4375, ele é voltado para smartphones e os recursos suportados incluem:

– Suporte para 2-streams de 802.11ax
– Bluetooth 5.0+ com Low-Energy Long Range (LELR)
– Real Simultaneous Dual-Band (RSDB)
– Velocidade de até 1.429 Gbps
– Modulação 1024 QAM
– OFDMA
– MU-MIMO

Mais detalhes sobre os chips BCM43684, BCM43694 e o BCM4375 podem ser encontrados aqui, aqui e aqui. O press release da Broadcom pode ser visto na íntegra aqui.

O anúncio não menciona quando dispositivos equipados com os novos chips chegarão ao mercado.

  • robson santos

    Obaaaaaa, agora vai ser possível 120 Mbps no wifi!
    Mas, não ..
    Os engenheiros da internet, fazendo escola na Net e GVT, continuam condenando o pobre do aquário e do incrível poder de persuasão, digo absorção, na rede que uma caixa d´agua em cima do apartamento faz..
    O aconselhamento técnico é excelente, por exemplo se utiliza uma rede forçada no padrão “n” mas o sinal tem que atravessar o banheiro até chegar ao último dispositivo, adivinhem se a culpa do concreto não será multiplicada 10x pela água, e se tiver gente tomando banho então vixi..

    Argumente que você força em 5 GHz pra fujir das interferências do telefone sem-fio, do micro-ondas, da fiação, da lâmpada fluorescente, do poodle da vizinha latindo etc.. ou seja o alcance para desempenho máximo está limitado ao mesmo cômodo, tudo bem e tal, e…
    … não, continua havendo o elefante marinho em cima do seu apartamento que está interferindo no desempenho do seu sinal wifi, o problema não é na excelente capacidade wireless dos modens das operadoras, ponto final vaticina o técnico doutorado.

  • Edson

    Enquanto isso ainda tem um monte de dispositivos sendo vendidos com 802.11n.

    • Edson Informatica

      triste mesmo…