R7
BABOO

CONTATO
ANUNCIE
SUGESTÕES
RSS
COPYRIGHT

Home Windows

De acordo com informações publicadas nesta semana em um fórum tailandês, um suposto funcionário da Microsoft deixou vazar novos detalhes do Windows Blue, o próximo grande passo da empresa após o Windows 8.

detalhes do windows blue

Novos detalhes do Windows Blue

Supostamente a atual versão está em fase alpha e é a versão numero 9622 – sendo que o Windows 8 é a versão 9200.  De acordo com ele, esta nova versão manterá o visual do Metro, lançado com o Windows 8 e seu novo menu iniciar.

Já havia sido comentado anteriormente que possivelmente uma das novidades do Windows Blue seria uma maior facilidade de customização do menu iniciar com tiles de tamanhos mais variados similar ao Windows Phone 8.

Este suposto empregado aponta que haverá mais mudanças na interface do desktop, a tradicional vista em qualquer Windows. Quais mudanças não foram explicadas. Por fim, o Windows Blue atualizará o Kernel para a versão 6.3.

O Windows Blue tem previsão de ser lançado no verão de 2013, não se sabe ainda qual será o seu nome oficial. A Microsoft não comentou sobre o assunto.

Enquanto o Windows Blue não sai, o Windows 8 tem mantido as suas vendas altas desde o seu lançamento, ocorrido em 26 de outubro. Para mais detalhes sobre o sistema operacional, acesse o seu site oficial.

  • CassioGreen

    tomara que a interface desktop seja totalmente na interface METRO

  • Paulo Roberto

    Aliás, vale um adendo: dá a impressão que eu simplesmente quero que a Metro morra… na verdade sim, mas é visível que tem vários usuários que, suponho, gostam de perder tempo em seus PC ou querem ver quantas cores seus monitores conseguem exibir simultaneamente, gostam nda Metro. OK, mas me dê uma MALDITA OPÇÃO para desabilitá-la! Tem uma traulitada de usuários que não querem perder tempo com quadradões que gastam espaço inútil na tela e simplemente querem continuar trabalhando como sempre fazem, pra sair da frente do PC o mais rápido possível!

  • Rodrigo_1983

    Pois eh…a Microsoft cada vez mais "Like Apple", querendo ditar "padrões" e IMPOR o que os usuários devem usar e não o contrario, faz assim que se enterra de vez ainda mais com a concorrência do Android pressionando no segmento móvel que cresce mais que desktops e se espera a entrada dele também nesse segmento. Android se encontra já num bom nível de maturidade e não falta muito para termos nos PC's. Só faz dizer que as vendas estão "altíssimas" mas no market share não sai de 1% e vejo é gente compra Note com Windows 8 por falta de opção pois poucos estão vindo com 7 ou mesmo sem SO instalado e formata pra instalar o 7, se depois de 1 ano continuar com esses números será um fiasco "Like the Vista": http://marketshare.hitslink.com/operating-system-

    • Paulo Roberto

      Pela primeira vez que me lembre, estou torcendo abertamente para o fracasso de um software (no caso, a Metro nos desktops), porque ou isso acontece ou todo mundo resolveu tomar algo com gelo e limão e perder tempo na frente do PC, demorando mais pra fazer o que já se faz hoje.

  • Rafael Backes

    Espero que essas mudanças do desktop sejam bem visíveis, pois como disse anteriormente não houveram muitas melhorias do desktop do 7 pro 8 (até o tema parece que foi feito nas coxas, na boa, tem muitos trabalhos no devianart que deveriam ser levados em conta!). Espero janelas remodeladas e maior zelo pela aparência, enfim: uma "metrificação" completa.
    Espero também que o Metro se torne mais independente da interface clássica, pois ter que sair do Metro para ver se existem mensagens na Central de Ações ou alterar configurações do bluetooth é tenso. Um explorador de arquivos Metro e melhor uso do "Compartilhar" na CharmsBar seria bom também.

  • JorgeMax

    Mudanças na interface do desktop, vão remover a barra de tarefas é isso que falta a microsoft fazer pra acabar de vez com a praticidade/usabilidade do windows.

    • Rodrigo_1983

      E porque estão com parceria com os fabricantes para estimular as vendas de monitores com telas TouchScreen e também é claro com os médicos pois terá muita gente com problemas de saúde por passar horas com o braço levantado e esticado pra conseguir operar o sistema tocando na tela. Micro.$oft querendo impor moda ou melhor dizendo "ditar padrões"…aprendeu com a Apple.

      • Paulo Roberto

        A diferença é que a Apple fez um bom trabalho, fazendo uma boa interface nos desktops e uma excelente interface para telas touch. O que a Microsoft está fazendo é pura e simplesmente BURRICE. Veja, ela tem uma excelente interface para desktops e quer simplesmente jogar ela fora e enfiar goela abaixo uma interface touch num computador normal?! Isso não faz o menor sentido!

        E o pior é que não há ABSOLUTAMENTE NENHUMA VANTAGEM na interface Metro. Facilidade em busca? O Windows 7 age exatamente da mesma forma, e deixa eu buscar coisas no Menu Iniciar sem tirar o olho das minhas tarefas (programas).

        Informações ao alcance dos olhos? Ora, gadgets já fazem isso e na época do Windows Vista! Se bem que eu não gostava deles naquela época, continuo não gostando deles agora. Excesso de informação se transforma em falta dela (como ver qualquer tela de notícias da CNN e afins).

        'ah, mas o desktop está a um botão…' dizem quem 'trabalha' com Windows 8. Se isso pelo menos matasse a porcaria da Metro (cuja vantagem das informações ao alcance dos olhos se torna inútil se você está no desktop, diga-se), mas não, você ainda precisa acessar a tela pra abrir qualquer programa que você queira – ou encher seu desktop/barra de tarefas de atalhos.

        Isso sem contar que o Windows 8 não se decide sobre o uso de interfaces. Dois paineis de controle fariam sentido se um fosse um atalho do outro, mas há funções que você só faz no Painel Metro e outras que só no Painel clássico! WTF?!

        • Rodrigo_1983

          Quero é saber dos detalhes não do Windows Blue mas do Windows RED que será o verdadeiro Windows Comunista ashaushuashua :-P

    • http://www.babooforum.com.br/forum/-Lucas--m25395.html _Lucas_

      A Microsoft deveria fazer com que os usuários ficassem menos dependentes do desktop no Windows 8 e sucessores. O que tira a praticidade do Windows 8 não é a tela Iniciar em si, mas a necessidade de lidar com duas interfaces ao mesmo tempo, ao invés de se focar em uma só. E já que a palavra de ordem é evoluir, que o foco fique com a nova interface.

      No Windows 8 e sucessores, o desktop deveria ser constituído tão somente do papel de parede e da barra de tarefas + área de notificação. Sem a possibilidade de criar atalhos sobre o papel de parede ou fixar ícones na barra de tarefas – a tela Iniciar já existe para isso.

      Nesse modelo, o desktop só seria exibido caso fosse necessário abrir um programa nesse ambiente. Obviamente, o suporte a múltiplas janelas simultâneas e multitarefa continuaria existindo. Mas após fechar a última janela aberta, o desktop se fecharia automaticamente e retornaria para a tela Iniciar.

      Pronto, dessa forma o desktop ficaria em segundo plano e o foco ficaria voltado à nova interface, o que acabaria com a confusão de duas interfaces concorrendo entre si que temos agora. Com a nova interface sendo utilizada com mais frequência, sem o desktop para desviar a atenção, a adaptação dos usuários seria a mais natural possível.

  • Hopp

    Já havia sido comentado anteriormente que possivelmente uma das novidades do Windows Blue seria uma maior facilidade de customização do menu iniciar com tiles de tamanhos mais variados similar ao Windows 8.

    ^ ? Windows Phone 8, você quis dizer ?