BABOO

CONTATO
ANUNCIE
SUGESTÕES
RSS
COPYRIGHT


Home Segurança

A NSA (Agência de Segurança Nacional, dos EUA) teria infectado mais de 50 mil redes de computadores ao redor do mundo, dentre as quais várias estavam no Brasil, de acordo com publicação do jornal holandês NRC. A informação é de um slide de uma apresentação de 2012 do ex-assistente técnico da NSA, Edward Snowden. Um malware da agência teria sido usado nos ataques.

Malware da NSA teria infectado redes brasileiras

Malware da NSA é como “célula adormecida”

No mapa é possível ver pontos espalhados por todo o planeta, onde teriam sido implantados os vírus. No Brasil, por exemplo, a sinalização indica que os ataques estão concentrados principalmente no Norte e no Nordeste, chegando também na região Centro-Oeste. No entanto, eles podem ter sido colocados nesses locais aleatoriamente, já que é no mínimo estranho a região Sudeste estar livre de espionagem.

No topo do slide, existe uma lista com cidades atingidas pelos diversos tipos de ataque, e nela consta a capital do Brasil, Brasília – DF, onde possivelmente houve invasão de redes em busca de dados dos governantes do país. A cidade aparece na categoria de ataques regionais, na qual também estão La Paz (BOL), Cidade do México (MEX), Paris (FRA) e Milão (ITA), por exemplo.

Malware da NSA teria infectado redes brasileiras

Segundo o jornal holandês, o ataque por meio de malware faz parte de uma ação chamada Computer Network Exploitation (CNE – operações de redes de computação). Os vírus utilizados nesta ação são como “células adormecidas que podem ser ativadas com um simples apertar de um botão”, explicou o NRC.

Neste ataque, a agência visava “ações de apoio e coleta de informações por meio de redes de computadores que exploram dados obtidos de sistemas de informação de alvos ou inimigos”, como consta em seu próprio site para a ação de invasão de redes, uma de suas três opções de ataques digitais.

No final de agosto, o jornal norte-americano The Washington Post publicou sobre outra série de invasões feitas pela agência. Na ocasião, a reportagem dizia que uma equipe de 14 hackers teriam realizado 54 mil invasões. Número que não é muito alto se levado em consideração a informação do jornal de que apenas uma das divisões da NSA teria 600 hackers.