AMSTERDÃ (Reuters) – Consumidores de todo o mundo compraram um total de 115 milhões de celulares no segundo trimestre, o que deixa o setor no caminho para a venda de um total recorde de entre 450 milhões e 460 milhões de aparelhos este ano,de acordo com uma pesquisa divulgada na terça-feira. O crescimento nos mercados emergentes foi o principal motivo para que as vendas de celulares subissem 11,9 por cento ante o ano passado, e dois por cento em relação ao primeiro trimestre, batendo um novo recorde. O desempenho positivo foi obtido mesmo com o “inquestionável impacto negativo da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars)”, afirma o grupo de pesquisa Gartner Dataquest.

A demanda nos mercados emergentes foi por celulares mais baratos basicamente. No extremo oposto, as vendas também subiram acentuadamente no Japão, o primeiro país em que os consumidores puderam adquirir celulares equipados com câmeras de alta qualidade. “As vendas no Japão, América Latina e nos países em desenvolvimento na Europa central e oriental e no Oriente Médio e África excederam em muito as expectativas no trimestre”, informou o Gartner.

Mais informações:
http://br.news.yahoo.com/030902/16/dtmi.html

Informação postada por Sid Vicious