R7
BABOO

CONTATO
ANUNCIE
SUGESTÕES
RSS
COPYRIGHT

Home Hardware Tecnologia

O supercomputador da IBM chamado Watson vai começar a trabalhar contra o câncer. Este é o primeiro projeto que começa a usar análise de dados maciços com o objetivo final de quem sofre desta doença que assola o mundo.

Supercomputador da IBM começa a trabalhar contra o câncer

Supercomputador da IBM contra o câncer

A ação foi revelada durante a última semana, em parceria com a seguradora WellPoint e o centro de tratamento do câncer Memorial Sloan-Kettering, de Nova York. O supercomputador chegou a analisar 600 mil amostras médicas e 2 milhões de páginas de 42 publicações sobre pesquisas relacionadas ao câncer.

De acordo com o Craigh Thomson, presidente do centro Sloan-Kettering, a iniciativa pode acelerar e muito como os dados são analisados, a fim de oferecer opções melhores de tratamento para cada caso.

Ele diz que pode demorar muito para muitos centros médicos terem acesso às informações sobre a doença. E com isso, o Watson pode ajudar muito e revolucionar esse acesso em comunidades de todos os Estados Unidos e também do mundo.

“O trabalho da IBM com a WellPoint e o Memorial Sloan-Kettering representa um marco em como a tecnologia e medicina baseada em evidências podem transformar a forma como se pratica o atendimento médico”, disse Manoj Saxena, da IBM.

O início deste projeto colocará 1.500 casos de câncer de pulmão em pauta, para que o Watson analise resultados de laboratórios e pesquisas médicas.