R7
BABOO

CONTATO
ANUNCIE
SUGESTÕES
RSS
COPYRIGHT

Home Hardware Tecnologia

Todos os dias aparecem novos aparelhos e versões mais modernas de equipamentos que já estão no mercado. E cada vez mais estes lançamentos acontecem em um intervalo de tempo menor. Isso porque a tecnologia evolui rápido e também graças às feiras de inovação. Estes fatos não podem ser ignorados, muito pelo contrário.

A importância das feiras de inovação

As feiras de inovação tecnológica, como a CES – Consumer Eletronics Show, trazem produtos que muitos olham e pensam: “isso nunca fará parte do meu dia a dia”. Mas não é bem assim. As feiras apresentam tendências, tanto que na maior parte dos casos não são abertas para o público geral. E trazem produtos que podem não se tornarem populares. Mas muito do que já foi apresentado nós utilizamos hoje.

As TVs conectadas, por exemplo, tiveram suas primeiras versões apresentadas na CES. Assim como as primeiras ideias de tablets, e-books, acessórios automotivos, como kits viva-voz, entre diversos outros. E estes são produtos que hoje fazem parte da nossa rotina.

Como o próprio nome diz, estas feiras são de inovação. Ou seja, são ideias de produtos que podem ser incorporados para facilitar o nosso dia a dia, novos conceitos de entretenimento, ou equipamentos para usarmos em casa. Tem uma frase bastante sábia que diz que se o homem não tivesse preguiça não teria inventado a roda e é essa ideia que move as inovações. São sempre produtos pensados para facilitar o dia a dia. E isso é incrível!

A importância das feiras de inovaçãoO que acontece é que são apresentados alguns produtos e a aceitação também é testada. Se muitos gostam é produzido em maior quantidade e o equipamento pode se tornar popular. Caso contrário, pode ser um produto muito a frente de seu tempo ou simplesmente servir de base para investir em novas ideias.

Mas que a inovação está arraigada na nossa cultura, não há como negar. Nos acostumamos a ter lançamentos com frequência e estranhamos quando um novo produto ou uma nova versão não traz nada que nos surpreenda de verdade. Os tablets, por exemplo, foram apresentados ao grande público em 2010 e hoje muitos de nós não conseguem viver sem eles.

Dados NPD DisplaySearch apontam que as remessas mundiais de tablets devem ultrapassar a marca de 240 milhões de unidades em 2013, enquanto o número de notebooks é de 207 milhões. Esta substituição mostra a tendência da nossa sociedade, que está cada vez mais mobile. Na CES deste ano uma das tendências apresentadas foram os eletrodomésticos inteligentes e integrados aos smartphones e tablets, como máquinas de lavar roupa, geladeiras, fogões e outros com sistema operacional Android.

Para que se tornem populares, estes eletrodomésticos ainda vão demorar um tempinho. Mas quem duvida que quando chegarem a um preço acessível, muitos vão querer? E quem imaginaria estes equipamentos conectados aos dispositivos móveis há cinco anos, por exemplo? Isto é só uma mostra da inovação e evolução tecnológica.

Por Mario W. Okuno, diretor geral da Mobimax